​Esta grávida foi fazer um ultrassom. Quando o doutor viu pela primeira vez o que se estava a passar, ficou sem palavras

Cinco são melhores que um

Partilhar no Facebook
143 143 Partilhas

Esta grávida foi fazer um ultrassom. Quando o doutor viu pela primeira vez o que se estava a passar, ficou sem palavras

O sonho de muitos casais é o de ter filhos. Para alguns, é um sonho fácil de alcançar. Outros, infelizmente, acabam por nunca conseguir. Também existem aquelas pessoas que, depois de muito tentar, finalmente o conseguem. Este último caso foi o de Rachelle e Jayson Wilkinson, um casal do Texas, nos Estados Unidos. No entanto, a surpresa que receberam foi muito mais impressionante do que poderiam imaginar.

O casal já tinha vários anos de casamento e, inclusive, dois filhos – Kaiya e Riley. Como o amor deles era ainda suficiente para mais, decidiram que estavam prontos para ter um terceiro. No entanto, tentaram durante muito tempo e não estavam a conseguir. 

Ainda assim, o par não se rendeu, pelo que decidiram começar um tratamento para a fertilidade de Rachelle. O especialista receitou-lhe hormonas e, felizmente, o tratamento acabou por dar frutos, uma vez que ela engravidou. Quando se apresentaram para o primeiro ultrassom, o doutor comunicou-lhes emocionado que conseguia ouvir dois barulhos distintos: dois óvulos foram fertilizados e, consequentemente, dois bebés vinham a caminho. O casal ficou radiante!

Oxalá a conta terminasse por aqui, mas não foi isso que aconteceu, já que pouco tempo depois receberam a notícia que mudou as suas vidas: não eram só dois os barulhos distintos que se podiam escutar, mas sim CINCO. Rachelle estava grávido de quíntuplos! “Dizer que estava em choque, é o mínimo que posso dizer para descrever o que senti naquele momento”, escreveu no seu blog, “o doutor começou imediatamente a explicar os riscos de tentar dar à luz 5 bebés e recomendou-me afincadamente que efetuasse um aborto seletivo de 3 dos fetos, para dar aos outros uma maior probabilidade de sobrevivência”. 

Todos os especialistas lhes recomendaram o mesmo: reduzir o número de fetos a somente 2. Mas, como tomar essa decisão? Como decidir quais deles deveriam viver e quais ser abortados? A família Wilkinson simplesmente não o conseguiu fazer e, portanto, disseram aos médicos que iriam continuar com a perigosa gravidez, apesar de todos os riscos. Que coragem...!

Por sorte, conseguiram encontrar um médico disposto a acompanhar a sua gravidez.  A gravidez desenvolveu-se com normalidade, e os 5 pequenitos cresceram saudáveis dentro da barriga da mãe. Como seria de imaginar, uma vez que ocupavam imenso espaço, Rachelle estava mais do que enorme! Aqui podes ver uma fotografia dela com 33 semanas: 

E foi desta forma que chegou o dia inesquecível – 20 de julho de 2007 -, chegaram a este mundo cinco bebés lindos e saudáveis (três meninas e dois rapazes), com os nomes de Kassidy, Kaydence, Kyndall, Rustin e Ryde. 

Todos quiseram estar presentes neste dia especial. Na sala de parto estavam presentes 29 pessoas, colaborando para que tudo ocorresse na perfeição. Nunca nenhum bebé tinha sido tão esperado!

Mas, como seria de esperar, a história não terminou ali. A verdadeira história começou quando a família de agora 7 filhos chegou a casa e começou a sua nova e intensa rotina. Mas isso é outra história. O importante é que os quíntuplos cresceram saudáveis, fortes e rodeados de amor. Podes ver os vídeos fofos e divertidos que o seu pai, Jayson, coloca no seu canal do Youtube para que todos possamos experienciar, nem que seja por uns minutos, o que significa ter quíntuplos. Comovedor! 

Vê este vídeo (em inglês) sobre a gravidez e a vida da família Wilkinson:  

Partilhar no Facebook
143 143 Partilhas

Fonte: No lo creo · Crédito foto: No lo creo