Adolescente português de 16 anos dá lição a investigadora doutorada

Deixou-a totalmente sem palavras.

Publicado por Vamos lá Portugal em Viral
Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Jovem de 16 anos cala investigadora Raquel Varela na RTP!

Este rapaz foi convidado a falar no programa Prós e Contras, num episódio em que se falava do estado do país e se valia a pena ficar ou emigrar. O jovem com apenas 15 anos teve a ideia de lançar uma marca, e agora, aos 16 anos de Idade Já está com dificuldades para fazer face às encomendas, e até já exporta os seus produtos. Vou repetir, apenas 16 anos!

Entretanto, sem contexto algum, porque eu já me esforcei a tentar perceber o porquê da questão colocada, uma Sr' Dra Chica Esperta decidiu fazer uma pergunta ao Jovem, assim ao Jeito de quem quer logo à partida deitar abaixo ou desmoralizar alguém, só que teve azar, multo azar, porque o Jovem para ser empreendedor como é burro não é certamente, e deu-lhe uma resposta que a calou de imediato.

Acho piada a esta gente que só porque estudou, muitos sem sequer terem tido um trabalho "a sério", acham-se senhores da verdade só porque leram 50 livros ou fizeram 3 ou 4 teses de doutoramento. A vida real não é assim meus caros, a vida real é a que este jovem está a viver, e a prova disso está na resposta que um miúdo de 16 anos deu a alguém com o dobro da Idade dele pelo menos.

“No ultimo programa Prós e Contras da RTP1, apresentou-se casos de jovens empreendedores que tentam mudar o país. Este rapaz com apenas 16 anos, Martim, estava a falar da marca que ele próprio criou e que está a ter sucesso no mercado português, recebendo até encomendas do estrangeiro. Porém, o jovem foi interrompido por Raquel Varela, uma doutorada e investigadora em pós-doutoramento, convidada do programa.

O contributo da senhora foi muito mais que ridículo. Olhou o jovem com uma sobranceria repugnante e falou com uma arrogância que me deixa enojado. O seu sorriso cínico, enquanto fazia perguntas de superioridade, revolta-me.

Como o Martim disse e muito bem, se nós não fizermos algo, ninguém fará por nós. Já tiveram a sua oportunidade e pelos vistos não deu grandes resultados. Acima de tudo, não deixemos que ninguém nos diga que não podemos fazer algo porque sim, NÓS PODEMOS.

E os doutorados, os sábios, os cínicos, os arrogantes, os que se riem… todos aqueles que deixaram este país afundado na mer*da, que se comecem a mentalizar que se alguém pode erguer Portugal somos nós, os jovens empreendedores. Tal como aconteceu a Raquel Varela, vai chegar a altura de todos eles meterem a viola no saco e, com o seu sorriso cínico, se calarem perante os aplausos dos jovens.

Grande Martim.” Texto retirado do Facebook

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: VLP
Crédito foto: VLP