Vídeo: Homem esfaqueado nas costas no Algarve Shopping

Última Hora

Partilhar no Facebook
77 77 Partilhas

Um homem vestido com o equipamento do Benfica, com cerca de 50 anos, que já conhecido pelas autoridades e tem antecedentes criminais por tráfico de droga, esfaqueou outro pelas 15h00 no Algarve Shopping após um desentendimento cujos motivos ainda não são conhecidos. 

A vítima foi esfaqueada nas costas e apresenta ferimentos ligeiros. 

O agressor, que já tinha cumprido pena por tráfico de droga, colocou-se em fuga após o ataque.

Um vídeo da agressão, que ocorreu cerca das 15 horas, está a circular nas redes sociais.

Outras notícias:

Tribo indígena mata turista dos EUA que entrou em ilha

Isto é digno de uma história digna dos maiores filmes de ação americanos: um missionário americano foi atingido com flechas por uma tribo indígena que ele tentava converter ao cristianismo.

É o site de informações e entretenimento do Daily Mail do Reino Unido que nos traz esta notícia fora do comum. De fato, um missionário americano foi atingido com flechas por uma tribo indígena que ele queria converter ao cristianismo. John Allen Chau, 27, da cidade de Vancouver, Washington, EUA, foi morto por uma tribo numa pequena ilha indiana quando chegou para convertê-los ao cristianismo. Como é obvio, os membros dessa tribo não foram realmente seduzidos pela ideia de mudar de religião.

Deve-se dizer que era um plano ambicioso, mas acima de tudo muito perigoso. De fato, o Daily Mail informa que John Allen Chaud decidiu embarcar num barco de pesca antes de embarcar sozinho num pequeno barco para ir à pequena ilha indiana onde uma tribo em particular é a lei do lugar. 

Esta ilha é a North Sentinel Island, uma ilha que está localizada perto da Índia. 

John Allen Chau não teve muita sorte pelo seu lado e foi morto. Ele entrou literalmente na boca do lobo. Se ele pensava que não ia ter problemas ao ir a essa ilha sozinho estava bastante enganada, por uma razão esta ilha está fechada a visitantes.

O Daily Mail relata que, assim que John Allen Chau colocou os pés na ilha, ele imediatamente foi atingido pelas flechas, demorou apenas alguns instantes para ser atingido e para que a tribo o capturasse para o torturar. Os membros da tribo amarraram-no com uma corda e levaram-no com eles. Eles então mataram-no selvagemente como você pode imaginar. Uma história de grande tristeza que infelizmente não terá seguimento.

Na verdade, o Daily Mail diz que a tribo não pode ser processado pelo que  fez porque a vinda de John Allen Chau foi incursão ilegal no seu território, que eles têm o direito de defender. Não haverá justiça para este jovem missionário de 27 anos que brincou com fogo nesta história. O mínimo que podemos dizer é que ele se colocou numa situação perigosa sozinho e que pagou o alto preço. Esta tribo indígena definitivamente não lhe deu chance.

Todos os nossos pensamentos vão para a sua família e amigos que devem ter ficado  terrivelmente traumatizados quando ouviram as notícias. De fato, além de ter morrido com uma idade muito jovem, é o lado trágico da maneira como morreu que chocou profundamente e esperamos que eles consigam superar este terrível acontecimento que provavelmente permanecerá nas suas memórias para sempre.



Uma tribo intocada da Amazónia é totalmente massacrada por mineiros

Um grupo de mineiros terá massacrado uma tribo que vive na floresta amazónica…

Esta tragédia deu-se na floresta amazónica na fronteira do Brasil com o Peru e a Colômbia. Uma dúzia de nativos foi assaltada e depois massacrada por mineiros que foram trabalhar na região.

Mas o horror não para por aqui. Os assassinos cortaram os corpos em pedaços para que estes não flutuassem e atiraram-nos para o rio Jandiatuba.

Um homem que ouviu o grupo de mineiros a falar acerca dos seus atos bárbaros decidiu grava-los. O homem não identificado entregou a gravação às autoridades.

Ainda existem cerca de cem tribos que vivem na floresta amazónica que não têm contacto com o mundo exterior.

Uma investigação foi aberta. Pode ser o maior massacre de indígenas das últimas décadas. 

As associações denunciam a imobilidade e a falta de meios por parte do governo brasileiro para proteger as populações indígenas isoladas.

“Eles estão indefesos contra a chegada de garimpeiros de ouro, mineiros e agricultores que lhes querem roubar terras”, diz o membro da associação SurvivalInternationalStephen Corry.

Por razões óbvias, há pouca informação sobre a tribo afetada por esta terrível tragédia. Eles são chamados de Fleicheros, por estes “atirarem flechas”. Não sabemos nada acerca dos seus costumes ou do idioma que falam.

Segundo as associações, os mineiros estão frequentemente na origem de atos violentos nestas áreas isolada. Para além disso, eles estariam envolvidos no tráfico e na prostituição infantil.

Esta é uma tragédia verídica. Espera-se que o governo ajude a prevenir atos bárbaros como este no futuro!

____

O que achou deste artigo? Partilhe o seu ponto de vista nos comentários, e partilhe com os seus amigos e familiares nas redes sociais…

Se estiver interessado nas últimas noticias sobre a atualidade, sobre famosos, comédia, animais, lifestyle ou sobre noticias viriais, siga-nos na nossa página no facebook Vamos lá Portugal.

Não hesite em deixar a sua opinião sobre a publicação. 

Partilhar no Facebook
77 77 Partilhas

Fonte: CM · Crédito foto: CM