Notícias : Uma policia, mãe de dois filhos, comete suicídio no carro com a arma de serviço
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Uma policia, mãe de dois filhos, comete suicídio no carro com a arma de serviço

Todos os detalhes no interior.

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
423 423 Partilhas

Uma policia, mãe de dois filhos, matou-se no seu carro com a sua arma de serviço, na noite de sábado para domingo.

O carro foi encontrado estacionado num descampado depois dos seus colegas da polícia ficaram preocupados com o fato dela não ter voltado ao trabalho por volta das 22h40min. Foi a geolocalização do seu telemóvel que permitiu que ela fosse localizada não muito longe da sua casa. Foram os seus colegas que descobriram o cadáver.

A policial era uma mulher de 37 anos com dois filhos. Ela tinha problemas no seu relacionamento e já tinha sido sancionada em 2017 por trabalhar por debaixo da mesa.

Ela teria deixado uma carta a explicar o seu gesto, confirmou Rémi Coutin, promotora da República de Chartres.

A policia trabalhava na brigada noturna de Conflans-Sainte-Honorine, uma cidade francesa no departamento de Yvelines. Ela cometeu suicídio perto da sua casa em Eure-et-Loir, em França.

Este é o quarto suicídio de um policia desse departamento. O segundo em menos de um mês.

"É um número mau porque está acima da média", revelou uma fonte interna.

"É sempre muito difícil determinar as razões para estes atos multifatoriais", disse um funcionário. "Há sempre um problema com o cônjuge ou com uma doença. Não devemos negligenciar o fato de que a polícia manteve as suas armas com ela desde o ataque em Magnanville, o que é uma coisa boa, mas também facilita o suicídio."

Partilhar no Facebook
423 423 Partilhas

Fonte: Ayoye
Crêdito foto: Ayoye

Goste/partilhe