Uma mulher de 33 anos é presa por fazer sexo com o irmão

Os investigadores ainda estão a tentar apanhar o homem.

Partilhar no Facebook
134 134 Partilhas

Uma mulher de 33 anos é presa por fazer sexo com o irmão

Uma mulher de 33 anos da Flórida foi detida na semana passada depois de ter admitido que tinha feito sexo com o irmão. O pior de tudo é que a mulher deu à luz um bebé muito doente.

Foi em novembro que a polícia descobriu uma investigação sobre Pauline Elizabeth Martin logo após ela ter dado à luz um bebé afetado por uma doença.

A 21 de novembro, o bebé foi transferido, minutos após o seu nascimento, para o Hospital Infantil Winnie Palmer, em Orlando.

A criança foi submetida a testes genéticos que mostraram que os pais eram muito próximos geneticamente.

Na quinta-feira passada, a polícia interrogou a senhora no trabalho, num dos restaurantes McDonald’s em Leesburg, onde ela era caixa. 

Foi durante o interrogatório que Martin admitiu que, durante 5 anos, teve uma relação romântica com o seu irmão.

A mulher também revelou que se mudou para a Flórida há 3 anos para viver com o irmão.

A sua página no Facebook indica que ela é de Connecticut.

Martin tem outra filha de uma relação anterior, uma menina de 12 anos.

Quando a polícia lhe perguntou quando é que foi a última relação sexual dela com o irmão, a mulher respondeu, com vergonha, que tinha sido no dia anterior, 21 de março.

No entanto, a mulher estava ansiosa por explicar à polícia que sentia-se muito mal por ter aquela relação e que estava consciente de que este relacionamento não era saudável. 

De acordo com Martin, ela já estava a pensar há algum tempo em acabar com esta relação incestuosa.

Mais tarde, durante o interrogatório, a mulher surpreendeu os agentes ao tentar fugir pelas traseiras do restaurante.

Mas os agentes conseguiram apanha-la e, desta forma, continuar com o interrogatório.

Quando estavam a levar a mulher para a esquadra, ela começou a ficar agitada, cuspindo para os agentes enquanto os insultava.

Os polícias disseram que a mulher tentou agredir um dos agentes, obrigando-os a amarrarem-lhe as pernas. 

Se ela for considerada culpada de crimes incestuosos, pode ter uma sentença de 5 anos de prisão.

Ela pode recuperar a liberdade pagando uma fiança de 3 mil dólares.

Os investigadores ainda estão a tentar apanhar o irmão de Martin.

____

O que achou deste artigo? Partilhe o seu ponto de vista nos comentários, e partilhe com os seus amigos e familiares nas redes sociais…

Se estiver interessado nas últimas noticias sobre a atualidade, sobre famosos, comédia, animais, lifestyle ou sobre noticias viriais, siga-nos na nossa página no facebook Vamos lá Portugal.

Não hesite em deixar a sua opinião sobre a publicação. 

Partilhar no Facebook
134 134 Partilhas

Fonte: Ayoyemonde · Crédito foto: Ayoyemonde