Uma menina de quatro anos sofre ferimentos graves depois de ser severamente espancada pelo namorado da sua mãe.

As fotos da menina mostram a gravidade das lesões.

Partilhar no Facebook
1,326 1.3k Partilhas

Uma menina de 4 anos foi brutalmente espancada com um cinto pelo cônjuge da mãe.

O homem de 20 anos chamado Bakhram supostamente bateu na menina com um cinto, 15 vezes, porque ela não sabia contar até 5.

A polícia prendeu o homem e enquanto ele estava algemado, os investigadores pediram que ele reconstruísse a cena horrível em frente à câmera.

Fotos divulgadas pela polícia mostram o quanto a menina ficou ferida na cabeça, nas costas, no peito, no abdômen e nos braços.

O homem foi preso pela polícia de Krasnoyarsk e atualmente está a ser mantido aguardando a sua próxima aparição perante o juiz.

Foi depois da sua prisão que o homem concordou em confessar o seu horrível crime explicando que ele havia começado a açoitar a meni a várias vezes usando um fio de carregador de telefone.

A sua amante, Maria Belonogova, a mulher de 31 anos que é a mãe da vítima, participou de toda a cena sem sequer dizer uma única palavra.

A mãe dividia um apartamento com o namorado, mas também com um ex e outro homem.

De acordo com o que a mãe explicou à polícia, ela não teria intervido por medo de represálias.

Quanto a Bakhram, ele explicou à polícia que ele só queria educar a menina de 4 anos.

Após o ataque, a menina ficou em estado de choque e tinha dificuldade para respirar.

Quando o colega de quarto que vivia com a mãe, com o namorado e com o ex da mãe encontrou a menina nesta condição, o homem de 45 anos rapidamente relatou o incidente à polícia enquanto pedia ajuda.

"Eu temia que a menina morresse", disse o colega de quarto.

Na reconstituição filmada com Bakhram, ele explicou: "Peguei no fio e espanquei-a assim". Ele então conta que pegou no cinto: "A menina caiu aqui na cama e eu bati nela ... 15 vezes".

Se Bakhram for considerado culpado dos atos de que é acusado, ele pode ser condenado a 15 anos de prisão.

A menina ainda está hospitalizada porque ainda precisa de tratamento.

Segundo as enfermeiras, a menina não tem dificuldades em contar até 5 e, segundo eles, a única razão pela qual ela congelou quando o namorado da mãe lhe perguntou foi por ter medo dele.

Aqui está um trecho do vídeo de reconstituição:

Partilhar no Facebook
1,326 1.3k Partilhas

Fonte: DailyMail · Crédito foto: Courtoisie