Uma mãe é acusada de queimar o filho de 4 anos até à morte depois de o amarrar a uma cadeira.

É horrível.

Partilhar no Facebook
1,318 1.3k Partilhas

Uma mãe de Wisconsin enfrenta várias acusações criminais graves. Na verdade, a mãe é suspeita de ter matado o filho após o ter tratado de forma cruel.

A suspeita de 23 anos, Amelia Di Stasio, teria queimado o filho depois de o amarrar a uma cadeira com vários cintos.

Eram cercas das 7:30 da manhã wuando polícia recebeu uma chamada de um apartamento onde podia ser visto fumo a sair das janelas.

Ao chegar na cena, a polícia fez a descoberta horrível do cadáver da criança.

Momentos depois, um vizinho informou a polícia que ouviu o menino gritar: "Por favor, mãe, para! Não faças de novo!"

Quanto à mãe, ela tinha deixado o lugar, fugindo através de uma janela.

A polícia encontrou-a rapidamente. 

De acordo com algumas fontes da polícia, o telemóvel da mãe mostrou que ela estava à procura na Internet como matar um canibal.

Entre as acusações criminais que a mãe pode enfrentar, há uma acusação por assassinato em primeiro grau.

Ela pode enfrentar uma sentença de prisão perpétua.

Partilhar no Facebook
1,318 1.3k Partilhas

Fonte: Derniere Heure · Crédito foto: Derniere Heure