Uma mãe de duas crianças que estava “enterrada” em dívidas e com depressão comete suicídio

O legista concluiu dizendo que este era um caso de “tristeza desesperada”.

Partilhar no Facebook
65 65 Partilhas

Uma mãe de duas crinças anos suicidou-se enforcando-se 9 meses após o suicídio do seu parceiro..

A mulher de 31 anos de Halifax, West Yorkshire, era Jenna Greenwood.

Foi um dos seus ex-cônjuges que descobriu o seu corpo quando trazia para casa os seus dois filhos.

A notícia surge agora porque o legista de Bradford, Martin Fleming, acabou de arquivar o resultado da sua investigação sobre a morte de Greenwood.

Ainda de acordo com o legista, parece que Greenwood estava enterrada em dívidas e sofría de depressão. A jovem tinha sérios problemas de insónia e todos esses problemas se acumularam após o suicídio do seu parceiro em Agosto de 2016.

De acordo com o pai da jovem mulher, ela ficou tão devastada pelo suicídio do parceiro que ela mesmo tomou esta decisão na esperança de o rever no pós-vida. 

No dia anterior ao suicídio de Greenwood em maio de 2017, a jovem tinha participado numa churrascada familiar.

De acordo com os seus parentes, não havia motivos para acreditar que faria o irreparável nas horas seguintes.

O logista Fleming explicou que durante os seus encontros com parentes de Greenwood, havia razões para acreditar que a jovem tinha ficado gravemente afetada pelo suicídio do seu parceiro, Kallum Bates.

Ela estava com o jovem de 22 anos há quase dois anos, mas este finalmente decidiu matar-se depois de uma longa batalha com a depressão. 

Assim, o Logista revelou que as descobertas da sua investigação confirmaram sem sombra de dúvida que Greenwood tinha morrido como resultado do suicídio.

Finalmente, o legista concluiu dizendo que este era um caso de "tristeza desesperada".

Partilhar no Facebook
65 65 Partilhas

Fonte: ayoyeglobal · Crédito foto: ayoyeglobal