Uma família de canibais admite ter matado e comido mais de 30 humanos.

A casa do horrores

Partilhar no Facebook
471 471 Partilhas

Uma família de canibais admite ter matado e comido mais de 30 humanos.

Um casal de canibais foi preso pela polícia russa.

Dmitry Baksheev e esposa Natalia têm 35 e 42 anos, respectivamente. Ambos trabalham numa academia militar onde Natalia é enfermeira. Dmitry Baksheev é da cidade de Krasnodar, no sul da Rússia.

Desde 1999, o casal terá assassinado e comido cerca de trinta pessoas. A polícia encontrou restos de corpos com as cabeças cortadas em diversos lugares.

A polícia foi alertada depois de encontrar várias fotos pertencentes ao casal que mostravam partes de corpos humanos.

Uma foto mostra Dmitry com o que parece ser uma mão na boca.

Uma segunda imagem mostra-o a posar com uma foice e um martelo.

Outra imagem parece ser a de uma cabeça cortada enquanto uma última mostra uma cabeça num prato cercada por laranjas!

O casal usava uma droga chamada Corvavol para adormecer as vítimas. Durante a busca na casa, a polícia encontrou partes de corpos humanos mantidas em frascos. Havia também restos de humanos no frigorífico e no congelador.

Dmitry Baksheev e Natalia estão atualmente presos na prisão de Krasnodar. Eles confessaram os crimes.

Partilhar no Facebook
471 471 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye