Uma criança foi abandonada na floresta pelos pais depois de se ter urinado

É completamente incompreensível.

Partilhar no Facebook
2,690 2.7k Partilhas

É uma história digna de outra época que acabou de acontecer em Minnesota nos Estados Unidos, uma criança foi abandonada na floresta pelos seus pais por uma razão completamente incompreensível.

Foi o canal CTV News TV que relatou essa notícia que nos faz acreditar que estamos a ler uma versão moderna do conto Tom Thumb. No entanto, este não é o caso, é um evento que aconteceu na vida real, em Minnesota, nos Estados Unidos, uma criança foi abandonada na floresta pels seus pais por uma razão completamente incompreensível.

De fato, de acordo com a CTV News, a criança foi abandonada pelos pais porque ela se teria urinado. Os pais teriam ficado enraivecidos e disseram à criança que o seu ato os perturbara profundamente e que não tinham escolha senão deixá-la na floresta. Um gesto totalmente cruel por parte desses pais que, por uma razão tão ligeira quanto a de uma criança fezer xixi nas calças, decidem abandonar a criança na floresta. Eles, sem dúvida, devem ter um problema psicológico, se não for o caso, realmente temos dificuldade em entender o raciocínio.

Assim, o menino de 5 anos totalmente indefeso ficou sozinho numa floresta em Minnesota. Começou a chover e felizmente a criança conseguiu sair da floresta. Ainda assim passou muito tempo antes de se deparar com alguém que veio em seu auxílio. A CTV News relata que um motoqueiro que passou viu a criança sozinha na beira da estrada e decidiu ajudá-la e levá-la à polícia. Felizmente a criança não ficou ferida, mas a situação poderia ter sido completamente diferente, ela poderia por exemplo ter encontrado alguém muito mal-intencionado e a sua vida poderia ter ficado seriamente em perigo.

De acordo com as informações coletadas pela CTV News, os pais foram ouvidos pela polícia, estes explicaram que não pretendiam abandonar o filho. Eles apenas perderam a visão dele quando decidiram "puni-lo". A coisa mais estranha sobre tudo isso é que os pais não teriam relatado a perda do filho à polícia dizendo que achavam que o encontrariam rapidamente. Uma versão que não convenceu a polícia, a criança foi colocada numa agência de proteção à criança e os pais serão julgados por negligência.

Partilhar no Facebook
2,690 2.7k Partilhas

Fonte: CTV News · Crédito foto: Adobe Stock