​Um policia manda parar o carro de um homem que se parece com o seu falecido filho, segundos depois está em lágrimas.

Uma história comovente

Partilhar no Facebook
2,706 2.7k Partilhas

Wiliam Jazwinski estava a conduzir o seu carro quando foi mandado parar de repente por um carro da polícia.

No inicio ele pensou que estava a conduzir acima do limite e que o policia lhe ia dar uma multa.

Mas, na realidade, o polícia queria agradecer-lhe pelo seu serviço pelo país. Na verdade, ele viu um adesivo no carro indicando que tinha servido no exército.

Questionado pela polícia sobre a sua experiência nas forças armadas, William respondeu que tinha passado 15 meses no Iraque

 

O policia então começou a confessar-se. Ele explicou a William que o seu filho também tinha ido para o Iraque, mas nunca regressou.

O veterano ficou muito emocionado com a história do policia. Ele notou a bandeira americana dobrada no carro de William, a mesmo que tinha recebido quando lhe anunciaram que o filho estava morto.

Após a conversa, o oficial perguntou a William algo incomum. Ele perguntou se poderia abraçá-lo.

"Tu lembras-me muito do meu filho, quando eu te mandei parar, pensei que era ele, ainda não posso acreditar que ele se foi", disse ele.

Os dois homens então abraçaram-se e começaram a chorar.

Foi um momento especial para osdois homens que conheceram cada uma à sua maneira os horrores da guerra.

William também sofria de stresse pós-traumático e precisava desse momento de carinho.

O veterano partilhou a história no Facebook e foi partilhada 180 mil vezes.

Uma história verdadeiramente chocante que nos lembra dos muitos sacrifícios dos militares, bem como das suas famílias.

Partilhar no Facebook
2,706 2.7k Partilhas

Fonte: AyoyeMonde · Crédito foto: AyoyeMonde