Um museu convida os seus visitantes a tirarem uma foto com uma estátua do Hitler em frente à entrada de Auschwitz.

A estátua de cera de Hitler é colocada na frente de uma foto da entrada de Auschwitz como pano de fundo.

Partilhar no Facebook
114 114 Partilhas

O museu De Mata, em Yogyakarta, na Indonésia, dá a oportunidade aos seus visitantes de tirarem uma foto com a figura de cera do Hitler com uma imagem da entrada de Auschwitz como pano de fundo, informa o The New York Times.

É uma atração muito criticada por várias organizações. A ONG HumanRightWatch refere-se à atração como “uma cena de fazer vomitar”, enquanto o centro Simon Wiesentha, que luta contra o antissemitismo, pediu ao museu para remover a figura de cera de imediato.

“É difícil encontrar palavras para expressar o quão desprezível isto é”, disse o rabino Abraham Cooper, vice-decano do centro. “O contexto é nojento, divertem-se à custa das vítimas que entraram no campo e nunca mais saíram”, falando acerca do milhão de pessoas, principalmente judeus, mortas nos campos de concentração de Auschwitz-Birkenau.

“A maior parte dos nossos visitantes diverte-se”, disse o porta-vos do museu.

Mas, devido à polémica internacional por causa da figura de cera, o museu anunciou a remoção definitiva da mesma, de acordo com a informação dada pela BBC. 

Partilhar no Facebook
114 114 Partilhas

Fonte: GT · Crédito foto: GT