Um menino de 6 anos morre enquanto o pai o “exorciza” com água a ferver para “expulsar o diabo”

Todos os detalhes no interior.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

No Arizona, um pai é acusado pelo assassinato em primeiro grau do seu filho de 6 anos. Ele é acusado de forçar o menino a beber água a ferver para "exorcizá-lo de um demónio".

Segundo documentos do tribunal, o pai de 31 anos, Pablo Martinez, afirma ter visto "um demónio" no seu filho e queria-o fora do corpo dele.

As autoridades federais explicaram que o suspeito teria mantido a boca do menino debaixo da torneira do banho durante cerca de dez minutos enquanto ele bebia água quente.

Ainda de acordo com os documentos do tribunal, a cena de horror ocorreu no dia 26 de setembro na tribo Pascua Yaqui, em Tucson.

A esposa do suspeito e a mãe adotiva da criança, Romelia Martinez, disse que o filho "estava a agir demonicamente" há uma semana quando a tragédia ocorreu.

O pai da vítima ofereceu-se para banhá-la, mas a mãe sabia que algo estava errado quando ouviu barulhos suspeitos vindos da casa de banho.

A mãe então abriu a porta e descobriu que o pai segurava à força o rosto da criança debaixo da torneira do banho. O pai então explicou o seu gesto afirmando que a criança se havia tornado incontrolável e que ele não tinha escolha.

A mãe chamou rapidamente os serviçoes de emergência e, em seguida, atirou água fria no filho tentando realizar manobras de reanimação enquanto esperava por ajuda.

Os primeiros que responderam explicaram que a criança estava queimada em mais de 15% da superfície do corpo.

O advogado do pai não quis comentar publicamente o caso.

O pai está atualmente sob custódia e a sua próxima aparição é esperada nos próximos dias.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye