Um homem num restaurante ordena a uma mãe que “calasse o seu bebé”, é então que o pai dele levanta-se e deixa-a sem palavras

Luci Hatami estava a tomar o pequeno almoço com o seu filho de 8 meses, quando o pequeno começou a chorar de repente.

Partilhar no Facebook
1,851 1.9k Partilhas

Um homem num restaurante ordena a uma mãe que “calasse o seu bebé”, é então que o pai dele levanta-se e deixa-a sem palavras

As crianças crescem demasiado depressa – os que as têm sabem-no!

Mas mesmo passando o tempo muito depressa, algumas memórias ficam bem frescas na nossa mente, bem como o medo de quando se está em público com o recém-nascido e dão-se os primeiros sinais de uma crise de gritos.

Pode tentar, mas não conseguirá parar todas as birras que o seu filho faz. Então, caso não queira passar anos fechada em casa, terá que sofrer com a humilhação pública.

Felizmente, para os novos-papás, há quem simpatize com estes durante estas birras em público – e para a recém-mamã Luci Hatami, houve um pai que foi ainda mais longe que os outros.

Luci estava a tomar o pequeno-almoço num café com o seu filho de 8 meses, quando o pequenino começa a chorar. Luci começou a ficar stressada enquanto tentava acalmar o filho e não chatear as pessoas à volta.

Mas foi quando um rapaz que estava numa mesa perto disse-lhe algo devastador.

“Aquele momento em que estás num restaurante a tentar tomar o pequeno-almoço enquanto o teu filho de 8 meses está a chorar e um rapaz (com cerca de 20 anos) diz entre dentes “Quem me dera que ela calasse aquela coisa””, escreveu Luci no Facebook. 

Mas alguém defendeu-a.

“Antes de eu poder sequer responder, o pai do rapaz apareceu atrás dele, puxa-lhe a orelha e diz ‘E? Deves pensar que eras perfeito! Eras um embirrento. Agora para de ser malcriado, vai pedir desculpa à senhora e oferece-te a lhe trazeres o pequeno-almoço visto que ela está com as mãos ocupadas”, escreve Luci. 

Bom trabalho, pai! É tão bom ver pais compreensivos com outros pais.

“Tive o meu pequeno-almoço buffet com serviço à mesa e com um bom café… Obrigada ao pai que mesmo depois de 20 anos ainda se lembra das dificuldades de ser pai de um bebé!” 

O que você acha? A resposta desse pai foi correta? As pessoas devem esforçar-se mais para ajudar novos pais quando estão fora?

Partilhe este artigo e deixe a sua opinião nos comentários!

Partilhar no Facebook
1,851 1.9k Partilhas

Fonte: newsner · Crédito foto: newsner