Um homem espanca o filho de 2 anos da namorada até à morte antes de atacar a sua gémea.

Um drama horrível!

Partilhar no Facebook
916 916 Partilhas

Um inglês de 28 anos foi condenado a prisão perpétua após ter morto o filho da namorada.

Nativo de Liverpool, Craig Smith foi condenado a um mínimo de 17 anos de prisão.

O jovem foi condenado pelo assassinato de Teddy Tilston, de 2 anos e por violência contra a sua irmã gémea Cassidy.

Ashleigh Willett, a mãe de dois filhos, também foi considerada culpada de violência contra eles. A sua sentença ainda não foi pronunciada.

Os exames médicos revelaram que a morte do pequeno Teddy é devido a um rasgo do abdémen. A criança também sofreu  de hemorragia cerebral e teve várias contusões no corpo.

Os paramédicos encontraram Teddy inconsciente. Foi Craig Smith quem pediu ajuda depois de declarar que o encontrou nesse estado.

"Ele não está a respirar, pobre menino, ele estava no banho e engoliu água", disse Craig Smith ao telefone.

A irmã Cassidy também foi transportada para o hospital. Os médicos descobriram que ela tinha um pulso partido e várias contusões.

"É claro que você tem um mau temperamento e você descarregou nas crianças", disse o juiz, Justice Garnham.

A mãe das duas crianças não estava presente no momento da tragédia. Quando ela voltou do cabeleireiro, Craig disse-lhe que o pequeno Cassidy bateu contra uma mesa.

Craig Smith admitiu no tribunal ter um problema com o uso de cannabis. O seu psiquiatra Dr. Paul Stephenson disse que Smith "às vezes ouve vozes".

Ele foi sentenciado pelo Tribunal de Liverpool a um mínimo de 17 anos de prisão efetiva.

Partilhar no Facebook
916 916 Partilhas

Fonte: ayoyemonde · Crédito foto: ayoyemonde