Um homem convida 6 amigos para violar a sua ex-namorada, mas o terror não se ficou por aí.

Que horror!

Partilhar no Facebook
763 763 Partilhas

Um homem convida 6 amigos para violar a sua ex-namorada, mas o terror não se ficou por aí.

Um ex-namorado invejoso organizou uma violação coletiva à sua ex-namorada com outros 6 homens, antes de lhe passarem por cima da cabeça com o carro para que não fosse identificada.

O corpo mutilado da jovem de 23 anos foi encontrado, depois de o sítio onde tinha sido enterrado ter sido escavado por cães – isto aconteceu em Rohtak, no norte da Índia. 

A mulher foi violada e torturada com objetos afiados. No entanto, depois de ameaçar reportar o caso às autoridades, os homens esmagaram-lhe o crânio com pedras.

Em seguida, os seus atacantes passaram por cima da sua cabeça com a sua viatura para que não fosse possível identificar a vítima. 

Este incidente aconteceu apenas alguns dias depois do Tribunal Supremo ter confirmado a pena de morte para quatro homens que violaram coletivamente e mataram uma mulher de Deli, que levou a muitas mudanças e reformas legislativas.

Sumit Kumar, cuja idade é desconhecida, e outros 5 homens planearam este rapto. 

A polícia anunciou este sábado que prendeu Kumar e um dos cúmplices, Vikas. A família da vítima identificou o corpo e disse à polícia que Kumar e seis ou sete homens tinham vindo a sua casa ameaçar a vítima e a sua família (a vítima vivia com a mãe).

“Ela saiu do trabalho pelas 7h da manhã, quando o acusado Sumit, com um cúmplice, Vikas, a meteram numa viatura” confirmou o polícia Ajay Kumar. 

“Sumit confessou o crime e disse que matou a vítima depois de a violar. A autopsia revelou que a vítima consumiu sedativos numa bebida gaseificada. Crê-se que tenha sido drogada, violada e morta enquanto estava inconsciente”.

A mãe da vítima pede a ajuda da população para encontrar os restantes envolvidos neste caso chocante.

Partilhar no Facebook
763 763 Partilhas

Fonte: ayoyeglobal · Crédito foto: ayoyeglobal