Um casal é condenado por fazer sexo com o seu cão numa fortaleza de sexo

Pobre animal.

Partilhar no Facebook
404 404 Partilhas

Um casal é condenado por fazer sexo com o seu cão numa fortaleza de sexo

Um casal do Colorado enfrenta acusações de crueldade contra os animais porque o casal é suspeito de fazer sexo com o seu cão num veículo recreacional motorizado que eles transformaram numa "sala de sexo".

O homem de 50 anos chamado Frederick Blue Manzanares e a sua parceira de 48 anos, Eileen Solano, foram presos em março e agora enfrentam quatro acusações de crueldade contra animais.

A polícia começou a investigação do casal após alegações de abuso conjugal envolvendo Manzanares.

Foi só depois de vários meses de investigação que Solano finalmente confessou aos inspetores que o seu marido nunca a havia espancado e que ela havia então chamado a polícia por causa de uma simples discussão. Mais tarde, ela confessou que ainda estava a pensar em deixar o marido, porque ele a forçou a fazer sexo com o cão do casal.

De acordo com Solano, ela decidiu confrontar o marido sobre seus impulsos bestiais depois de descobrir fotos sexuais no computador do casal mostrando humanos na companhia de animais.

O homem teria simplesmente respondido à sua esposa que ela tinha que abrir os seus horizontes e depois mostrou-lhe as fotos, vídeos e fóruns de discussão exaltando os méritos da bestialidade.

Depois disso, a mulher teria feito sexo com o Husky do seu marido, um cão chamado Bubba.

De acordo com o que a polícia descobriu durante a sua investigação, Manzanares usava hormonas de cão que tinham o propósito de estimular o cão.

O homem então tirou fotos e também filmou vídeos da sua esposa a fazer sexo com Bubba.

Vídeos mostrando o casal a ter relações sexuais com o cão foram encontrados por investigadores da polícia.

Solana também confessou à polícia que com o tempo ela teria ficado com ciúmes da relação entre Manzanares e o seu cão, e foi então que os dois tiveram uma forte discussão.

Deve-se dizer que a bestialidade oficialmente se tornou crime em 2007 no Colorado. Antes dessa data, tais práticas nem sequer eram consideradas ilegais.

Ainda não sabemos por enquanto o que aconteceu com Bubba, o cão, mas podemos imaginar que não importa onde esteja agora, ele está certamente mais seguro do que quando era  escravo sexual deste casal.

____

O que achou deste artigo? Partilhe o seu ponto de vista nos comentários, e partilhe com os seus amigos e familiares nas redes sociais…

Se estiver interessado nas últimas noticias sobre a atualidade, sobre famosos, comédia, animais, lifestyle ou sobre noticias viriais, siga-nos na nossa página no facebook Vamos lá Portugal.

Não hesite em deixar a sua opinião sobre a publicação.

Partilhar no Facebook
404 404 Partilhas

Fonte: ayoyemonde · Crédito foto: ayoyemonde