Um automobilista que cause a morte de outra pessoa será agora tratado como um assassino na Grã-Bretanha.

Esta nova lei muda tudo

Partilhar no Facebook
359 359 Partilhas

Em Inglaterra, o comportamento perigoso nas estradas pode agora ser punido com prisão perpétua.

O governo endurecerá as sanções contra condutores que ponham em perigo a vida dos outros. 

As novas medidas significam que esses condutores podem enfrentar a mesma duração de sentença que os condenados por homicídio culposo, com penas máximas aumentadas de 14 anos a prisão perpétua.

No ano passado, em Inglaterra, 157 pessoas foram condenadas por causar a morte por condução perigosa, e outras 32 condenadas por causar a morte por conduzir imprudentemente sob a influência de álcool ou drogas.

Uma morte causada pela condução sob a influência de álcool, drogas ou usando o telemóvel agora será considerada um assassinato como qualquer outro. E pode, portanto, ser punido com prisão perpétua.

"Consultamos as famílias, levamos em conta o lacrimejamento, estudamos os casos de mortes na estrada e avaliamos as sentenças. Agora queremos introduzir sentenças máximas de prisão por acidentes causados por comportamentos perigosos", afirma o ministro da Justiça Inglês Dominic Raab.

Durante a consulta pública sobre esta questão, 70% dos entrevistados foram a favor de leis mais duras. 

"Queremos fazer a ponte entre a lei e a realidade das vítimas", acrescentou o ministro. 

A lei é projetada para enviar uma "mensagem clara" de que as pessoas que causam "dor imensurável" a famílias com a sua condução imprudente devem receber uma "punição que se encaixa no crime".

Esta mudança vem depois de uma série de casos de alto perfil em que crianças foram mortas quando as pessoas ao volante falharam ao estarem  distraídas pelos seus telemóveis.

O diretor da Campanha de Segurança no Trânsito, Jason Wakeford, disse que a decisão é uma grande vitória para as famílias das vítimas.

"Aplaudimos o governo por levar em conta a destruição de milhares de famílias por causa do comportamento perigoso de alguns condutores nas estradas", acrescentou ele.

É realmente uma coisa muito boa!

____

O que achou deste artigo? Partilhe o seu ponto de vista nos comentários, e partilhe com os seus amigos e familiares nas redes sociais…

Se estiver interessado nas últimas noticias sobre a atualidade, sobre famosos, comédia, animais, lifestyle ou sobre noticias viriais, siga-nos na nossa página no facebook Vamos lá Portugal.

Não hesite em deixar a sua opinião sobre a publicação. 

Partilhar no Facebook
359 359 Partilhas

Fonte: ayoyemonde · Crédito foto: ayoyemonde