Um animador de um centro de recreação acusado de violar uma criança de 3 anos

Uma história terrível.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

A cidade de Villiers-sur-Orge foi palco de uma cena muito perturbadora na última quarta-feira, uma vez que uma criança de 3 anos diz que um anfitrião  de um centro de recreação a violou. Uma investigação está em andamento para esclarecer a história.

É o Parisien que relata esta notícia extremamente perturbadora que nos chega de Essonne, França. De fato, uma mãe reclamou depois que o seu filho de 3 anos lhe disse que um operador de centro de recreação onde ele costumava ir lhe fazia sexo na boca e lhe tocava. A pessoa em questão negou todas as alegações contra ele, uma investigação está em andamento para entender exatamente o que se passou.

O Parisien explica que o animador de 32 anos se sente mal por essa acusação de violação contra menores de 15 anos. Ele decidiu pedir uma licença médica para dar um passo atrás na história e na sua vida. O diário indica que o último também tem um bebé. 

Então, quem está dizendo a verdade nesta história? A mãe do menino está convencida de que o filho não está a mentir porque ele disse várias vezes a história e que começou a apertar a sua mão com muita força quando ficaram cara a cara com ele.

O animador não foi suspenso pela direção porque, no momento, além do testemunho da criança, não há evidências concretas de que houve de facto violação. No entanto, outros pais apresentaram-se depois do filho deles falar sobre o animador.

A mãe do menino supostamente agredido por esse animador decidiu mudar de escola para evitar ficar muito traumatizado com a história, diz o Le Parisien. Parece que esse evento deixou vestígios na criança. A investigação está em andamento e devemos saber mais em breve. Este é um caso a seguir.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye