Notícias : Três homens sentenciados à morte por violar e assassinar uma mulher de 23 anos.
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Três homens sentenciados à morte por violar e assassinar uma mulher de 23 anos.

Os três homens foram condenados à morte.

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
228 228 Partilhas

Na Índia, o tribunal finalmente decidiu o destino de três homens que haviam participado de uma violação coletiva e condenaram-nos à morte. O ataque ocorreu em 2012 num autocarro de Nova Delhi e custou a vida à vítima.

Os três condenados, Vinay Sharma, Pawan Gupta e Mukesh Singh, sempre alegaram inocência. Até recentemente, eles usaram todos os meios disponíveis para evitar a pena de morte, mas desde o último julgamento do tribunal, o seu destino está agora selado.

No entanto, há uma última esperança para os três homens, mas é muito pequena. Assim, o advogado que representa os três homens espera obter o perdão do presidente para cancelar o veredicto contra eles.

Quanto aos pais da falecida vítima em 2012, Jyoti Singh, eles apoiam plenamente a decisão do tribunal e consideram que é finalmente uma "boa notícia". Os pais disseram à mídia local: "Esta é uma mensagem muito boa para a sociedade, o veredicto é muito significativo para a sociedade, para as mulheres e para todos os outros".

Jyoti Singh era uma estudante de fisioterapia quando foi violada e deixada para morrer por 5 homens e um adolescente. A agressão foi cometida num autocarro de Nova Delhi em dezembro de 2012.

Singh estava a voltar do cinema com o seu namorado quando uma gangue de 6 homens incluindo um adolescente começou a espancar o namorado até ele ficar inconsciente. Foi quando eles atacaram a jovem que foi violada e depois espancada até à morte.

Autoridades informaram que a mulher foi espancada com uma barra de metal durante 45 minutos.

A jovem foi hospitalizada durante 13 dias, mas os médicos não conseguiram salvar a sua vida.

Se a polícia conseguiu apanhar os agressores, foi graças à perseverança da vítima e o desejo de sobreviver que ajudou a polícia a identificá-los.

A agressão de Singh chocou a população e foi em resposta a isso que as autoridades decidiram aumentar as sentenças associadas a crimes sexuais.

O adolescente envolvido na violação em grupo foi detido durante três anos e agora está livre.

Um dos agressores foi encontrado morto na sua cela no que parece ter sido um suicídio.

Outro atacante decidiu não ir a recurso.

Partilhar no Facebook
228 228 Partilhas

Fonte: DailyMail
Crêdito foto: Courtoisie

Goste/partilhe