SIC reage depois de ter dado tempo de antena a pedófilo

A reação da SIC

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

SIC reage depois de ter dado tempo de antena a pedófilo

Miguel Castro esteve em vários programas da SIC a contar a sua história que se acredita agora, ser uma  história totalmente inventada, na qual alegou ter sido vítima de maus-tratos por parte da família.

Miguel Castro é suspeito da prática de abusos sexuais e de se ter feito passar por um menor, de modo a conseguir trocar mensagens de cariz sexual com outros menores.

A SIC está a investigar o caso e só soube de todas as alegadas mentiras já depois de Miguel Castro ter percorrido os corredores dos estúdios do Parque Holanda, em Carnaxide. Já os familiares deste homem garantiram ao CM que tentaram contactar a estação televisiva em várias ocasiões, mas sem sucesso.

Outros artigos:

Alegado abusador de menores engana três apresentadoras da SIC

Cristina Ferreira volta a receber novo abusador em programa

Cristina Ferreira voltou a receber no seu programa um alegado abusador. O homem esteve presente n' O Programa da Cristina, à tarde no programa de Júlia Pinheiro e ainda no dating show O Carro do Amor, apresentado por Diana Chaves.

Miguel Castro esteve à conversa com Cristina Ferreira e Júlia Pinheiro onde relatou os maus tratos que sofreu por familiares. 

«Miguel Castro tinha 6 anos quando foi agredido pela madrasta a ponto de o deixar seis meses em coma. Chegou a viver na rua. Agora tem o sonho de ter uma casa e constituir família.», pode ainda ler-se no Instagram do programa das manhãs da SIC.

Nas tardes da SIC, Miguel comoveu Júlia Pinheiro ao contar o suposto drama de uma «infância sem amor». «Miguel Castro viveu uma infância sem amor e pautada por maus-tratos. Depois de ter sido retirado ao pai e à madrasta, morou um ano no hospital e, mais tarde, passou por duas instituições», lê-se no Facebook do programa de Júlia Pinheiro.

O CM revelou agora que este homem  que é suspeito de abuso sexual de menores e que, nas redes sociais, se fazia passar por adolescente para seduzir crianças.

Numa investigação levada a cabo pelo diário do grupo Cofina, é explicado que Miguel Castro trocava imagens de cariz sexual com uma menina de 13 anos e que, agora, vai responder pelo crime de abusos. Uma história bem diferente daquela que foi contar ao programa de Cristina Ferreira.

O CM adianta ainda que vários familiares do alegado abusador de menores tentaram alertar a estação de Paço de Arcos para as alegadas mentiras de Miguel Castro mas que não obteve quaisquer respostas.

Já é a segunda vez que Cristina Ferreira entrevista alegados abusadores. Em Julho de 2018, quando ainda apresentava o «Você na TV!», na TVI,  a apresentadora esteve à conversa com João Fraústa, que foi detido pela PJ, dois meses depois de ter dado a entrevista a Cristina Ferreira, segundo o Correio da Manhã.

A mesma publicação revela que João Fraústa foi julgado e condenado a seis anos e meio de prisão por abuso sexual de crianças, no final de julho passado. As vítimas eram meninos entre os 3 e os 5 anos.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: www.atelevisao.com
Crédito foto: www.atelevisao.com