Rapariga de 16 anos que desapareceu em Almada já foi encontrada

Beatriz já foi encontrada

Partilhar no Facebook
884 884 Partilhas

A Polícia Judiciária revelou hoje que Beatriz, uma estudante na Escola Secundária Monte da Caparica, com 16 anos de idade, e que ontem foi dada como desaparecida, “está com a família, e encontra-se bem de saúde”.

Antes do seu desaparecimentos a jovem tinha sido vista pela última vez quando foi às aulas ontem, na parte da manhã.

A mãe da jovem, Helena Figueira, disse na altura ao Jornal de Notícias:

“Ela saiu à hora de almoço e faltou às aulas da parte da tarde”, e acrescentou: “Até às 17 horas o telefone ainda esteve ativo, mas depois ficou incontactável”.

Beatriz não foi às aulas e, depois de uma chamada para uma amiga, desligou o telemóvel o que alarmou ainda mais a família, que apresentou queixa na PSP.

Esta sexta-feira a Judiciária confirmou que “não foi vítima da prática de qualquer crime”, e que está bem de saúde.

Notícia original:

Jovem de 16 anos de Almada está desaparecida desde ontem

Uma jovem rapariga de 16 anos, saiu de casa na quarta-feira para ir para a escola e nunca mais regressou, e faltou às aulas durante a tarde. 

A família já contatou as autoridades.

Beatriz, de 16 anos, é estudante na Escola Secundária Monte da Caparica. Na quarta-feira el esteve nas aulas da parte da manhã, quando foi vista pela última vez.

"Ela saiu à hora de almoço e faltou às aulas da parte da tarde", disse, Helena Figueira, mãe de Beatriz. "Até às 17 horas o telefone ainda esteve ativo, mas depois ficou incontactável", continuou.

A jovem não mostrou qualquer sinal "que fizesse prever o desaparecimento", disse a mãe. "Acordou bem-disposta e as amigas disseram que estava tudo bem e que ela estava sorridente", acrescentou.

"Tinha os problemas normais, que toda a gente tem. Mas nada de alarmante", disse uma amiga de Beatriz.

A família apresentou queixa na esquadra da PSP de Almada e pede ajuda para encontrar a menina.

Partilhar no Facebook
884 884 Partilhas

Fonte: informa+ · Crédito foto: informa+