Notícias : Químico de frigideiras anti-aderentes faz com que o pénis fique mais pequeno
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Químico de frigideiras anti-aderentes faz com que o pénis fique mais pequeno

Novo estudo revela que químico torna os órgãos sexuais significativamente mais curtos e menos grossos.

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
134 134 Partilhas

A substância está presente na roupa à prova de água, papel vegetal para comida e em frigideiras anti-aderentes.

Foram os investigadores da Universidade de Pádua, em Itália, que chegaram a esta conclusão em novo estudo publicado no Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism. O químico referido pode interferir ainda dentro da barriga da mãe ou durante a adolescencia. Os químicos estão presentes também em roupas à prova de água e papel vegetal para comida, entram na corrente sanguínea e reduzem os níveis de testosterona. 

De acordo com os investigadores, a exposição a altos níveis de compostos perfluorados (PFC, na sigla em inglês), presentes em químicos usados em frigideiras anti-aderentes, pode interferir com as hormonas masculinas levando a que os órgãos sexuais sejam "significativamente" mais curtos e menos grossos. 

Os investigadores da universidade italiano analisaram o pénis de 383 homens com uma idade média de 18 anos. Os cientistas descobriram que jovens que cresceram em áreas poluídas com PFC têm o pénis 12.5% mais curtos e 6.3% menos grossos do que o habitual. 

Locais como Shandong (China), West Virginia (Estados Unidos), Dordrecht (Holanda) e Pádua (Veneza) são dos que têm um maior nível de PFC. De acordo com os investigadores, a interferência deste químico faz os homens ter o pénis mais pequeno, esperma menos saudável e móvel  e diminui a distância entre o escroto e o anús, o que é um sinal de baixa fertilidade. 

Partilhar no Facebook
134 134 Partilhas

Fonte: dailymail
Crêdito foto: dailymail

Goste/partilhe