Quase 900 crianças contraíram HIV por causa de um médico que reutilizava as mesmas seringas

Uma verdadeira vergonha.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Esta é uma das histórias mais revoltantes do dia e vem do Paquistão, onde quase 900 crianças contraíram o HIV por causa de um médico que reutilizava as mesmas seringas. Sim, você leu bem.

É o Daily Mail que relata esta história terrível que pode e vai indignar muitos de vocês. No Paquistão, quase 900 crianças contraíram o HIV por causa de um médico que reutilizava as mesmas seringas. Este médico é Muzaffar Ghanghro, acusado de usar seringas infectadas pelo vírus, além de usar as mesmas seringas num grande número de crianças. Uma mãe afirma tê-lo visto procurar num caixote de lixo para encontrar uma agulha. Como você pode ver, em termos de consciência profissional, é muito duvidoso.

Como é possível que ele possa ter tratado tantas crianças? O Daily Mail explica que era o pediatra mais barato da região. A pobreza que afeta um grande número de famílias paquistanesas fez com que elas corressem para esse pediatra para serem tratadas de forma barata. Agora, entende-se melhor por que as taxas dele eram tão baixas.

O Daily Mail explica que Muzaffar Ghanghro foi preso pelas autoridades paquistanesas. Ele é acusado de negligência e homicídio culposo. No entanto, o jornal britânico indica que ele nega categoricamente os fatos que lhe são censurados. No entanto, depoimentos contra ele estão a acumular-se. Um dos pais até afirma que ele teria usado a mesma agulha em 50 crianças. 

Um gesto completamente irresponsável.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye