Pedófilo de 44 anos sai em liberdade e volta a violar crianças no Porto

Por anda anda a nossa justiça?

Partilhar no Facebook
2,262 2.3k Partilhas

O pedófilo foi condenado a 10 anos de prisão por ter abusado de uma menina de 10 anos, no entanto, não foi preso, ficou em liberdade à espera de ser presente a um por um juiz de instrução criminal.

O homem de 44 anos, que tinha sido proíbido de contatar crianças, não respeitou as ordens impostas pelo Juíz e voltou a abusar de crianças usando o mesmo método que tinha usado anteriormente, o Facebook.

O predador criaria perfis falsos e fingia ser adolescente para atrair crianças e depois convencia as mesmas a enviar imagens para mais tarde as chantangear. As vítimas foram abusadas em vários locais públicos da cidade do Porto. O homem de 44 anos foi novamente detido pela polícia e encontra-se em prisão preventiva, já depois de ter feito mais vítimas.

“Os factos criminosos eram praticados numa primeira fase com recurso à Internet e redes sociais, a partir dos domicílios do suspeito, em Rio Tinto e em Matosinhos, usando para o efeito perfis falsos e ocultando a sua verdadeira idade, efetuando posteriormente contactos pessoais com as vítimas”, disse a Polícia Judiciária em comunicado à imprensa.

A Diretoria do Norte da Polícia Judiciária disse à Agência Lusa que o suspeito detido era angariador de clientes para operadoras de telecomunicações e depois de ter sido “presente a tribunal na passada terça-feira ficou em prisão preventiva”.

Partilhar no Facebook
2,262 2.3k Partilhas

Fonte: bombeiros24.pt · Crédito foto: bombeiros24.pt