Pai e filho sobem ao palco. A escolha da música força o jurado a saltar sobre a campaínha.

Todos os detalhes no interior.

Partilhar no Facebook
1,256 1.3k Partilhas

Pai e filho sobem ao palco. A escolha da música força o jurado a saltar sobre a campaínha.

Aqueles que estão familiarizados com o programa de TV "Britain's Got Talent" certamente sabem que ninguém tem a vida fácil quando aparece diante dos impiedosos jurados.

De fato, mesmo se você for linda como um coração ou se for a pessoa mais cativante do mundo, se os jurados decidirem que não gostam do que você lhes apresenta, eles vão dizê-lo rapidamente!

Obviamente, poderíamos ver isso como algo cruel, mas quando você pensa sobre isso, também tem as suas vantagens, porque quando os jurados reservam um tempo para ver o talento de um candidato, é certamente porque vão fazer um comentário que vem diretemente do coração.

Além disso, acontece também em casos muito raros que um dos jurados fica tão encantado com a performance que lhe é apresentada que ele salta na campaínha de ouro para dizer que foi magnífico e que avançam para a próxima ronda.

E foi isso exatamente o que aconteceu a um pai e ao filho! 

Tim de 42 anos e Jack Goodacre de 12 anos cantaram com sentimento e  emoção a canção original “The Lucky Ones”. 

Pai e filho vieram de Norwiche e para o pequeno que é fão do programa seria "incrível ganhar" conforme disse aos jurados: “É a minha coisa favorita de assistir na TV, e seria incrível ganhar…”

No entanto Jack não se estreou agora em programas de talentos na televisão. O jovem já tinha concorrido à primeira série do “The Voice Kids UK”, em 2017. O talentoso menino chegou às semifinais no ano passado. 

Este ano voltou em grande, na companhia do seu pai e apesar de terem mais de três décadas de diferença, eles estão totalmente sincronizados em relação à música.

Antes de a audição começar,o pai explicou por que eles escreveram “The Lucky Ones”: “Todos nós tivemos perdas familiares e coisas assim, e esta canção é sobre família”. 

Jack comentou de seguida: “É sobre a sorte que temos de termos o que temos”. 

O sentimento de gratidão foi exatamente o que deu ao par a coragem suficiente para cantar a canção original em frente dos jurados, do público, e do resto do mundo.

Aqui está o vídeo: 

Partilhar no Facebook
1,256 1.3k Partilhas

Fonte: Ayoyemonde · Crédito foto: Ayoyemonde