Pai agita bebé até à morte, 15 dias depois de a adotar

Homem negou, mas juízes condenaram-no

Partilhar no Facebook
177 177 Partilhas

O instrutor de fitness de 31 anos foi considerado culpado da morte da filha de 18 meses.

Matthew Scully-Hicks tinha adotado a sua filha há 15 dias, quando a agrediu em casa, agitando-a e atirando-a contra uma parede.

A menina deu entrada no hospital, onde os médicos confirmaram lesões graves na cabeça. Segundo o juiz "Não foi a primeira vez que Matthew atacou a menina, nem foi a primeira vez que a lesionou gravemente".

O homem chegou mesmo a enviar mensagens ao marido a dizer que a pequena Elsie tinha um ar "psicótico" e que o diabo estava "vestido de bebé". Uma vizinha do casal confirmou ainda que chegou a ouvir gritos e o homem a mandar calar a criança.

Partilhar no Facebook
177 177 Partilhas

Fonte: www.cmjornal.pt · Crédito foto: www.cmjornal.pt