Padre de 98 anos condenado por abuso sexual de criança de 3 anos

Uma história horrível.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Decididamente, não passa um dia sem que a Igreja Católica seja vítima de um escândalo. Desta vez, um padre francês de 98 anos foi considerado culpado por tocar sexualmente numa menina de 3 anos. Uma verdadeira vergonha.

É o jornal 20 minutes que traz esta notícia que pode incomodar muitos de vocês, pois é uma história terrivelmente cruel. De fato, em Morbihan, um padre de 98 anos acaba de ser condenado por tocar sexualmente numa menina de 3 anos. Ele recebeu apenas dois meses de sentença suspensa. Uma penalidade mínima por um ato que realmente não o é.

20 minutes explica que os abusos sexuais ocorreram no dia 15 de julho de 2017 na basílica de Sainte-Anne-d'Auray. Naquele dia, uma família de turistas canadianos visitou o local de culto como qualquer outra família de turistas. O artigo explica que a mãe e os seus três filhos decidiram sentar-se em bancos e foi quando o padre cometeu os seus gestos. Ele sentou-se atrás deles e colocou as mãos no corpo da menina. Ele primeiro tocou nos seus ombros e tronco e depois decidiu descer mais para acariciar o seu sexo. Sim, você leu bem.

Felizmente, a menina não esperou muito tempo antes de contar a história à mãe. Ela contou-lhe tudo quando saiu da basílica, explica o 20 minutes. O diário relata que a mãe teve um reflexo muito bom e decidiu voltar à basílica, tirar a foto do padre e depois apresentar queixa. Em sua defesa, o advogado do padre afirma que ele tem a doença de Alzheimer e que ele não pretendia magoar a menina.

Uma defesa que realmente não é uma amostra da justiça, diz o 20 minutes, uma vez que o padre de 98 anos foi condenado por tocar sexualmente na menina de 3 anos que está traumatizada com a história. Ele foi condenado a dois meses de prisão, mas também a pagar 3.500 euros em danos.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye