Os pais de uma menina cujos membros foram amputados enviam uma mensagem importante para outros pais.

A menina sofre enormemente.

Partilhar no Facebook
391 391 Partilhas

Os pais de um bebé cujos membros tiveram que ser amputados após uma meningite violenta estão atualmente fazendo campanha para aumentar a consciencialização sobre a importância da vacina contra meningite em crianças o mais cedo possível.

O bebé deles, Kia Gott, tem uma forma muito rara e agressiva de meningite.

Segundo os médicos, este é o pior caso em que eles intervieram nos últimos 25 anos.

A menina de um ano de idade levada para o hospital e os médicos tiveram que amputar os quatro membros para lhe salvar a vida.

Além disso, é possível que a pequeno Kia perca a visão ou mesmo a audição.

Para adicionar ao lado trágico da história, Kia provavelmente não teria sofrido nada se tivesse nascido alguns meses antes.

Desde julho de 2016, o governo do Reino Unido decidiu que a vacina contra a meningite C administrada a todas as crianças de 12 semanas de idade seria administrada aos 12 meses.

Os pais da pequena Kia estão a fazer campanha para incentivar o governo a reconsiderar a sua decisão e começae a administrar a vacina às 12 semanas em vez de 12 meses.

Uma petição está a circular no momento e até agora coletou mais de 3.000 assinaturas.

O objetivoé  10 mil assinaturas, mas seriam precisas mais de 100 mil assinaturas para garantir que o assunto seja debatido no parlamento.

Boa sorte para os pais de Kia.

Partilhar no Facebook
391 391 Partilhas

Fonte: ayoyemonde · Crédito foto: ayoyemonde