Os médicos deram-lhe 3 meses de vida e ela deixou bilhetes emocionantes pela casa.

Bilhetes deixados para trás.

Partilhar no Facebook
593 593 Partilhas

Elena Desserichtinha uma vida toda pela frente, até que os médicos disseram para sua família que ela estava com um tipo de câncer raro e que teria apenas mais 3 meses de vida. Seus pais ficaram muito tristes e não quiseram falar para ela que ela teria apenas pouco tempo de vida, pensaram que assim ela poderia curtir melhor seu pouco tempo de vida. 

Porém, em pouco tempo, Elena ficou tão doente que não conseguia mais falar, nem engolir. Foi aí que ela começou a escrever bilhetes para se comunicar com os seus pais. O que eles não sabiam era que ela estava escondendo alguns pela casa, e que ela já imaginava que iria morrer. 

Em cada cantinho da casa tinha um bilhetinho dela dizendo que amava a família, e pedindo desculpas por estar doente. 

Em agosto de 2007 ela faleceu, e sua história é contada até hoje, já que seu ato emocionou a todos. Alguns bilhetes apenas diziam "eu te amo", outros eram mais detalhados, com bonitos desenhos de corações. Ela conversava também com a irmã dela, para que ela se preparasse para a escola.

Eram tantos bilhetes escritos em 3 meses, que eles decidiram publicar um livro com a história de Elena e compartilhar seus bilhetes com o mundo.

O livro "Notes LeftBehind" ("Bilhetes Deixados Para Trás", em tradução livre) teve os lucros revertidos em doação para grupos de apoio à pacientes com câncer.

Assista o vídeo de apresentação do livro: 

Ela deixou uma história linda para ser contada e muito amor.

Partilhar no Facebook
593 593 Partilhas

Fonte: Não acredito · Crédito foto: Não acredito