O gerente de uma loja e uma funcionária filmados em flagrante durante o horário de trabalho.

A empregada e o gerente foram demitidos.

Partilhar no Facebook
122 122 Partilhas

Quando se faz sexo no trabalho, tem que se ser sutil e não ser apanhado, no entanto, um gerente de supermercado não parece entender isso e perdeu o emprego depois de ser filmado a ter sexo com uma das suas empregadas.

Na verdade, o gerente de uma loja da rede Tesco terá que encontrar um novo emprego depois de ter sido filmado a fazer sexo com uma funcionária da loja. A jovem também perdeu o emprego.

O empresário de 35 anos, Neville Fox, foi apanhado em flagrante com a sua funcionária de 19 anos, Caitlyn Kirby.

Foi um grupo de homens do lado de fora da loja que filmou o casal pela janela de uma sala só para funcionários.

O vídeo foi posteriormente publicado nas redes sociais.

Pouco depois, o casal foi recebido pelos empregadores e a jovem funcionária explicou que o gerente de 35 anos teve que deixar a sua cônjuge de 54 anos, que também era gerente em outro departamento da loja.

No entanto, Neville Fox alegou que tudo era mentira.

O homem explicou que ele deixou o seu trabalho por vontade própria e insiste que nunca foi demitido.

Quanto à jovem, ela explicou que o vídeo a tornou famosa de uma maneira bastante embaraçosa.

De acordo com Kirby, a jovem até pensou por um momento em fugir para se instalar no Brasil, de tanta vergonha que teve.

Kirby diz, além de tudo isso, que o que mais a embaraça é o dano causado à esposa de Fox.

Kirby diz que não sabe o que a levou a fazer tal coisa com o gerente e tudo aconteceu por um simples capricho.

Finalmente, a Tesco anunciou que abrirá uma investigação sobre este caso específico.

Que esta história sirva de lição para todos que fazem este tipo de coisa no trabalho, pelo menos seja sutil!

Partilhar no Facebook
122 122 Partilhas

Fonte: DailyMail · Crédito foto: Facebook