Nenhum tatuador queria cobrir as marcas de mutilação desta adolescente, até que este artista veio em sua ajuda.

Todos os detalhes no artigo...

Partilhar no Facebook
315 315 Partilhas

Aoife Lovett tem 19 anos e, durante toda a adolescência, passou por anos muito difíceis, qaundo sofreu de depressão e se automutilava.

Embora este episódio escuro esteja agora atrás dela, Aoife ainda tem vestígios no seu corpo.

De acordo com a Aoife, é difícil enfrentar todos os dias essas marcas que lhe relembram constantemente o que teve de passar. 

Ao ver as suas cicatrizes, Aoife não esconde que às vezes sente vergonha e culpa.

Aoife, portanto, teve a ideia de pedir a ajuda a um artista tatuador para cobrir as marcas no corpo.

No entanto, não é fácil encontrar um tatuador que deseje realizar uma tarefa dessas, porque a pele curada envolve um maior nível de dificuldade.

No entanto, o destino colocou um artista de tatuagens chamado Ryan Kelly no seu caminho. 

Este jovem e talentoso tatuador perdeu o seu melhor amigo no ano passado depois de se suicidar.

Ryan agora quer ajudar outros em memória deste amigo.

O tatuador viu assim em Aoife uma magnífica oportunidade para cumprir a sua missão. 

O resultado é magnífico e, além disso, inspirou Ryan a criar uma organização sem fins lucrativos que ajudaria as pessoas que sofreram de automutilações. Aqui estão alguns exemplos do que a organização "Scars Behind Beauty" conseguiu:  

Outros artistas de tatuagens oferecem ajuda similar. Por exemplo, Poppy Seger da Inglaterra prestou um serviço semelhante a uma jovem chamada Lydia:

O tatuador Michael Truitt, que sofreu de auto-mutilação na sua vintena, também está a ajudar as ex-vítimas.

Acha isto inspirante?

Partilhar no Facebook
315 315 Partilhas

Fonte: ayoyemonde · Crédito foto: ayoyemonde