Mulher descobre que as duas crianças que ela decidiu adotar são irmãos biológicos.

Que bonita coincidência!

Partilhar no Facebook
2,260 2.3k Partilhas

Dizem que um dos melhores presentes da vida é ter filhos, infelizmente nem todas as pessoas podem fazer isso de  maneira natural, então eles usam a uma segunda opção como adotar. Katie Page é um exemplo claro disso, depois de ela ter decidido adotar duas lindas crianças.

Isso não é incomum, porque não é a primeira nem a última a adotar, mas ao contrário de muitas pessoas, o seu caso causou um alvoroço depois de descobrir o vínculo entre Grayson e Hannah, os seus dois filhos adotivos. Katie separou-se do marido aos 30 anos de idade, a partir desse momento decidiu concentrar-se na sua vida profissional e com o passar do tempo conseguiu comprar a casa dos seus sonhos.

Um dia ele recebeu um email de uma igreja local, que falava sobre ter crianças, isso chamou-lhe a atenção. Katie decidiu comparecer numa reunião em que ficou muito chocada com a maneira trágica como algumas crianças são criadas, e esse foi precisamente o motivo que a levou a adotar. 

Ela partilhou o seguinte: "Depois de participar numa reunião, ouvi coisas sobre o cuidado e a educação que me impactaram e me assustaram muito, mas também me chamou a atenção e não pude deixar de pensar nisso."

Em 2015, esta mulher decidiu preencher os papéis e solicitar a sua primeira adoção. Ela estava muito envolvida em criar e cuidar de crianças porque já cuidara de crianças que haviam sido maltratadas. A dada ocasião, ligaram para ela para cuidar de uma criança de 4 dias que tinha sido abandonada num hospital. Aparentemente, a mãe tinha problemas com drogas. 

Desde o primeiro momento, Katie apaixonou-se pelo menino. Depois das autoridades procurarem a mãe durante 11 meses e não encontraram nenhuma pista, ela foi capaz de adotar a criança a quem deu o nome de Grayson.

Katie diz que a mãe biológica nunca respondeu aos anúncios de jornal nem regressou ao hospital. 

Ela estava feliz por ter adotado seu primeiro filho e se tornar mãe, para a sua surpresa, a assistente social disse-lhe que ela tinha sido aprovada para uma segunda adoção, ela não tinha nenhum problema em se tornar mãe de dois filhos. 

Meses depois, soube que uma menininha de apenas 4 dias tinha sido abandonada no mesmo hospital em que Grayson nasceu e, claro, ela sabia que ela precisava de um lar. Como era um caso muito parecido com o do seu primeiro filho, a assistente social considerou-a como a primeira opção. No começo, tudo estava bem, até que começaram a suspeitar da origem da menina. 

Katie começou a verificar as pulseiras da menina e descobriu que o nome da mãe correspondia ao nome da mulher que tinha abandonado Grayson no hospital. Ao continuar a revisar os documentos da alta hospitalar, ela encontrou a data de nascimento da mãe.

A partir desse momento, ele começou a pensar que talvez os dois filhos pudessem ser irmãos de sangue. Mas ao perguntar à assistente social que estava encarregada do caso, ela descartou qualquer possibilidade. 

Katie, não desistiu, ela decidiu encontrar-se com a mãe da menina, naquele momento ela percebeu a grande semelhança que a mulher tinha com o seu filho adotivo. 

Foi nessa altura que a assistente social começou a investigar um pouco mais sobre a situação e descobriu a verdade de tudo, as crianças eram irmãos biológicos. Isto acabou por ser uma bela coincidência, e ajudou Katie a terminar a adoção da menina a quem deu o nome de Hannah.

Um anjo a cuidadar de dois anjinhos 

Hoje, Katie Page tornou-se uma mulher e uma mãe muito sortuda e está empenhada em criar os seus filhos adotivos da melhor maneira.

Partilhe esta bela história que é a prova de que o destino coloca tudo no seu lugar.

Partilhar no Facebook
2,260 2.3k Partilhas

Fonte: Entérate de algo · Crédito foto: Entérate de algo