Menino de 8 anos espancado pelos pais decide saltar do nono andar

Todos os detalhes no interior.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Na Ucrânia, um menino de 8 anos morreu depois de se atirar do nono andar de uma casa. Os meios de comunicação locais relatam que a criança foi submetida a violência pelos seus pais durante vários anos.

No dia 23 de agosto, o jovem chamado Anton, que morava em Enerhodar, na Ucrânia, mergulhou fatalmente depois de chegar a casa da escola.

Os vizinhos disseram ter ouvido os pais a gritarem com o filho, porque ele havia estragado as suas roupas. Barulhos semelhantes a violência foram ouvidos mais tarde, e o menino atirou-se do nono andar pela janela do apartamento.

Zhanna, uma vizinha que mora no apartamento da família, explicou que ouviu claramente os pais a espancarem a criança. Depois, houve alguns segundos de silêncio, então ela ouviu passos. No momento seguinte, ela ouviu um som que ela preferiria nunca saber o que foi, o de um pequeno corpo inteiro que acabara de bater no chão após uma queda de nove andares. 

Em entrevista aos jornais locais, Zhanna disse: "Olhei pela janela da minha cozinha e vi a criança lá embaixo no chão, chamei uma ambulância e a polícia". 

Andrey, outro vizinho, disse que viu a família subir ao seu apartamento e, dez minutos depois, a tragédia ocorreu. 

As autoridades revelaram que a criança morreu assim que o corpo atingiu o chão, pois foi a sua cabeça que atingiu o chão primeiro.

A polícia anunciou que uma investigação criminal havia sido aberta e ambos os pais do menino são suspeitos de terem abusado do filho. 

Os pais podem ser condenados a cinco anos de prisão se forem considerados culpados.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye