Mãe fica furiosa depois da escola do filho o forçar a limpar a casa de banho

Todos os detalhes no interior.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Uma mãe decidiu denunciar publicamente a escola do filho, o que o forçou a limpar a casa de banho da escola.

A mãe, Christa Lee, afirma que os professores da escola Sister MacNamara forçaram o filho de 8 anos, Cruz, a limpar a casa de banho.

Por isso, a mãe não esconde o fato de que essa situação a indignou completamente: "Estivemos a conversar e ele disse:" Ah, eu tive que limpar a casa de banho, estava realmente nojenta ", e perguntei " de que casa de banho estava ele a falar ".

Em uma entrevista ao News Winnipeg, a mãe explicou que o filho foi punido por lavar uma suéter na casa de banho com um amigo explicou cruz: "Eu tive que limpar a casa de banho e tudo, uma no andar de baixo e outra no andar de cima".

Assim que descobriu o que o filho teve que fazer, a mãe imediatamente ligou para o diretor, não conseguindo ainda acreditar que os professores poderiam ter forçado o filho a limpar a casa de banho. 

O Conselho Escolar de Winnipeg declarou que, de fato, meninos haviam sido solicitados a ajudar o empregado de limpeza depois de causarem o transbordamento de uma sanita.

Radean Carter, oficial sénior de informações da WSD, explicou: “Eles receberam luvas e as opções que podiam fazer: limpar as pias ou limpar as bancadas. Uma das opções era limpar também limpar a sanita. Eles apenas viram algumas das pequenas coisas que poderiam fazer para ajudar a limpar a bagunça que haviam causado."

A mãe reconhece que o filho merece ser punido, mas lembra, no entanto, que considera esta uma sentença muito severa: "Sou a favor de consequências como ficar sem recreio, mas o fato de ele ter limpo a casa de banho que 300 crianças usam, isso deixa-me com muita raiva ".

Lee quer que a escola peça desculpas a ela e ao filho, enquanto o Conselho Escolar de Winnipeg defende como os meninos foram disciplinados.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye