Mãe espanca a filha e forja certidão de nascimento

Mulher chamava “nojenta” e “asquerosa” à filha

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
585 585 Partilhas

Uma mulher de 45 anos começou a maltratar a filha com apenas 7 anos. A mulher espancava a menina, deixando-a a sangrar dos lábios chegando-lhe ainda a apertar o pescoço quatro vezes.

Esta semana a mulher foi condenada a dois anos e três meses de pena suspensa por violência doméstica.

A mulher respondeu ainda por maus-tratos ao companheiro que era professor universitário mas ficou absolvida pois não faziam vida de casal e a menor não era filha dele.

"Aqui não pode haver crime de violência doméstica porque o seu companheiro não é o pai biológico da vítima. A certidão de nascimento é nula. Está viciada. Foi forjada", afirmou a presidente do coletivo. 

Será extraída uma nova certidão do processo, devido à certidão da menina ser falsa.

A arguida que dizia ainda que ter uma filha foi a pior coisa que lhe aconteceu na vida e que esta era "nojenta" e "asquerosa" está a ser seguida por especialistas e terá de pagar uma indemnização de dois mil euros à filha.

Partilhar no Facebook
585 585 Partilhas

Fonte: www.cmjornal.pt
Crédito foto: www.cmjornal.pt