Mãe do bebé encontrado no lixo permanece em prisão preventiva

Todos os detalhes no interior.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

A PJ revelou que a mãe foi a única autora do crime.

A mãe do recém-nascido encontrado no lixo vai permanecer em prisão preventiva na cadeia de Tires. 

A jovem mulher de 22 anos, que não tem antecedentes criminais, está indiciada por homicídio qualificado na forma tentada.

Ela foi detida na madrugada desta sexta-feira em Lisboa, depois do recém-nascido que deu à luz ter sido encontrado, na terça-feira passada, num contentor de lixo.

A PJ informou que o parto aconteceu na via pública e que a mulher vive em condições precárias.

Recém-nascido encontrado em caixote do lixo junto a discoteca de Lisboa

Bebé tinha vestígios de parto recente e tinha parte do cordão umbilical

Um bebé recém-nascido foi encontrado esta terça-feira num caixote do lixo junto à discoteca "Lux Frágil", na avenida Infante D. Henrique, em Lisboa.

O bebé de sexo masculino encontrava-se dentro de um contentor e foi um sem-abrigo que o encontrou.

O bebé tinha vestígios de parto recente e possuía ainda parte do cordão umbilical.

O alerta foi dado por volta das 17:32h e para o local dirigiram-se os meios de socorro em urgência.

O bebé foi imediatamente transportado para o hospital D. Estefânia em estado crítico.

De acordo com um oficial da PSP, o bebé terá sido abandonado de manhã e foi encontrado apenas ao fim da tarde.

O menino foi transportado para o Hospital D. Estefânia, em Lisboa e encontra-se em estado "fragilizado", avançou o agente.

O caso está a ser investigado pela PJ e pela PSP.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: SIC · Crédito foto: SIC