Mãe com demência avançada recupera a memória - depois de o filho lhe dar 2 refeições especiais todos os dias

Todos deviam ler isto!

Partilhar no Facebook
137 137 Partilhas

Mãe com demência avançada recupera a memória - depois de o filho lhe dar 2 refeições especiais todos os dias

Há três anos atrás, Mark Hatzer descobriu que a sua mãe de 82 anos, Sylvia, estava a começar a ter demência.

A situação tornou-se tão insustentável que ele teve que colocá-la numa residência porque ela estava em perigo quando ficava sozinha em casa.

Sylvia tinha um tal grau de demência que nem sequer reconheceu o próprio filho, e numa ocasião ela reclamou com as enfermeiras porque disse que estavam a tentar sequestrá-la.

Mas depois de meses com uma dieta especial recuperou a memória, diz o jornal britânico Manchester Evening News.

Esta pode ser uma descoberta inovadora na luta contra a demência.

O pai de Mark morreu devido a um ataque cardíaco em 1987 e a sua mãe, 82 anos, estava a começar a ter demência. 

Sylvia foi prescrita medicação para combater a demência, mas Mark não lha deu. E em vez disso ele fez uma dieta especial para a sua mãe. 

Depois de muita pesquisa, Mark, que mora no Reino Unido, descobriu que a demência era menos comum em países mediterrâneos, e isso deve ser por algum motivo, não podia ser uma coincidência, ele pensou.

"Não pode ser pelo meio ambiente, nem pelo calor, deve ser por outra razão".

Então ele decidiu alimentá-la da com a comida que se come nos países do Mediterrâneo.

- Todos nós sabemos que o peixe é bom para o cérebro, mas também há mirtilos, morangos, nozes e outros tipos de nozes. As nozes têm, na verdade, uma forma cerebral, o que é um sinal de que deve ser bom, diz Mark ao Manchester Evening News.

Sylvia começou a comer brócolos, aveia, batata doce, chá verde e chocolate amargo.

Depois de vários meses de dieta rigorosa, a mãe começou lentamente a recuperar a sua memória - de uma maneira provavelmente milagrosa.

- Não foi algo que aconteceu do dia para a noite, mas depois de vários meses ela começou a se lembrar, por exemplo, dos aniversários, e recuperou. Ele estava muito mais alerta e mais consciente das coisas - diz o filho ao jornal. 

Sue Clark membro da organização "Alzheimer's Society", explica que de momento ainda não há tratamento seguro contra a demência, ou para impedi-la. Mas a alimentação saudável e o exercício cognitivo podem ajudar.

"Fiz isso pela minha mãe, ela fez um trabalho muito duro, mas o que conseguimos pode ajudar", diz Mark.

Como uma grande homenagem aos avanços revolucionários de Sylvia e Mark na luta contra a demência, Sylvia foi convidada para a festa anual de verão da rainha Elizabeth da Inglaterra.

Isso é fantástico. Agora precisamos de partilhá-lo para ajudar muito mais!

____

O que achou deste artigo? Partilhe o seu ponto de vista nos comentários, e partilhe com os seus amigos e familiares nas redes sociais…

Se estiver interessado nas últimas noticias sobre a atualidade, sobre famosos, comédia, animais, lifestyle ou sobre noticias viriais, siga-nos na nossa página no facebook Vamos lá Portugal.

Não hesite em deixar a sua opinião sobre a publicação.

Partilhar no Facebook
137 137 Partilhas

Fonte: Newsner · Crédito foto: Newsner