Jovem pai fica paralisado depois de sofrer de febre alta e dores de estômago.

Vários famosos decidiram apoiar a família.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Um jovem pai de Saint-Agapit, Canadá, viu-se completamente paralisado após um episódio de febre alta e dor de estômago que o mergulhou em coma durante três semanas.

O pai de 40 anos, Ian Turcotte, teve que ir de ambulância ao departamento de emergência do Hôtel-Dieu em Lévis, Canadá, durante a noite de 7 a 8 de maio, porque pensava estar a sofrer de apendicite. No entanto, depois de chegar ao hospital, o pai descobriu que ele estava sofrer de pneumonia e sepse pneumocócica, forçando os médicos a mergulhá-lo num coma forçado.

23 dias depois, o pai saiu do coma edescobriu que estava completamente paralisado. Ele também deve usar um respirador artificial.

Aesposa, Geneviève Ricard, disse: "O seu objetivo agora é respirar por conta própria, não está a ser rápido, ele está a trabalhar nisso há seis meses. Ele não pode falar, então ,comunica com os olhos, ele não pode abanar a cabeça, e ele faz sorrisos, além disso, não há nada que se mexa. "

Este é um teste muito difícil para a família, porque além de ter que cuidar do marido, a mãe também deve continuar a trabalhar para suprir as necessidades dos seus dois filhos, Émile, 7 anos, e Cloé, 4 anos:  " Quando você vive um drama como este, a lógica das coisas é que tudo se desmorona ao redor? Por que não posso ser forte o suficiente para conseguir manter tudo no seu lugar? "

Finalmente, um espectáculo de benefícios será realizado no dia 23 de novembro no Complexe des Seigneuries, em Saint-Agapit, e um grupo de artistas decidiu unir-se para apoiar a família.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye