“Eu não estou pronta para partir mamã”: as últimas palavras de uma adolescente à sua mãe antes de perder a vida para o cancro

Todos os detalhes no interior.

Partilhar no Facebook
697 697 Partilhas

No País de Gales, a mãe de uma menina de 14 anos que morreu como resultado de uma forma muito rara e agressiva de cancro revelou as últimas palavras comoventes da sua filha.

Foi no dia 1º de março de 2017 que Daisy Wyatt deu seu último suspiro.

3 semanas antes disso, os médicos disseram a Daisy que não havia nenhum vestígio de cancro em seu corpo. A menina tinha acabado de sair de uma longa luta onde ela teve que passar por tratamentos de quimioterapia. 

Desde que tinha 12 anos, Daisy tinha um tumor no pélvis que foi descoberto depois da menina notar que tinha tremores suspeitos nas pernas. 

Mas três semanas depois de receber os seus resultados, Daisy descobriu que a doença tinha voltado e desta vez seria impossível vencer a luta. 

A mãe de Daisy, Sarah Griffiths, uma mulher de 43 anos, lembra muito bem as suas últimas horas, a adolescente ainda não podia aceitar o seu destino cruel. De acordo com Sarah, ela ainda se lembra de ouvir a filha dizer: "Eu quero ir ao meu baile de finalistas e ver os meus irmãos crescerem". 

Desde a morte de Daisy, Sarah passa o tempo todo a arrecadar fundos para causas humanitárias, em memória da sua filha.

Foi em 2015 que Daisy contou aos pais que ela estava a sentir tremores nas pernas. 

Após exames médicos, os médicos descobriram a presença de uma massa cancerosa no pélvis da adolescente. 

No funeral de Daisy, a sua família decidiu realizar uma grande cerimónia, garantindo que seria mais parecida com o casamento dela. A família de Daisy ouviu as suas músicas favoritas, lembrando-se das melhores recordações dela.

Coragem para os pais.

Partilhar no Facebook
697 697 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye