Espancada violentamente pelo namorado, esta jovem de 18 anos viverá com danos cerebrais permanentes

Todos os detalhes no interior.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Uma jovem mulher de 18 anos que foi severamente espancada pelo anmorado sofre de uma fratura no crânio e danos cerebrais permanentes.

Megan McPartlin, 18 anos, decidiu quebrar o silêncio e denunciar publicamente o seu agressor, um jovem de 23 anos chamado Aaron Worthington.

O casal estava a comemorar a véspera de Ano Novo quando o jovem de repente começou a bater em Megan, socando-a várias vezes até que ela perdeu a consciência. 

O ataque foi tão violento que Megan não conseguiu mais andar, além de três lesões cerebrais, fraturas no crânio, no rosto e no olho direito. 

Os médicos tiveram que realizar uma operação muito longa de 5 horas para remover os pedaços do crânio fraturado e substituí-los por uma placa de metal para lhe salvar a vida. 

Sete meses após o ataque, Megan ainda sente muitas dores, ela diz que às vezes ouve a placa de metal a roçar no seu crânio. 

Megan considera-se muito sortuda por estar viva, mas espera especialmente que, ao partilhar a sua história, inspire outras mulheres na sua situação a fugir de tais relacionamentos tóxicos. 

O namorado de Megan foi detido  logo depois que a jovem conseguiu pedir ajuda. 

O homem foi condenado a 27 meses de prisão no mês passado depois de reconhecer a sua culpa pelas ações pelas quais foi acusado. 

Megan não esconde que está muito decepcionada por o agressor ter sido condenado à sentença menos grave pelo tipo de crime que cometeu. 

Finalmente, Megan quer dizer a todas as mulheres que estão em contato com uma pessoa violenta que elas precisam encontrar coragem para fugir de um relacionamento assim antes que seja tarde demais, enquanto afirma que "há uma vida depois disso". 

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye