Enfermeira causa polémica ao publicar fotos de animais mortos que ela caçou.

As fotos são controversas.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Uma enfermeira que caça animais selvagens e publica fotos das suas melhores capturas on-line é vítima de trolls que ameaçam violar e matar o seu bebé.

A enfermeira chamada Kate Small caça ursos, veados e até lobos.

Ela costuma caçar na área em que vive em Boise, Idaho, mas também faz viagens de caça à África do Sul. 

Quando Kate faz boas caçadas, ela sempre tem a honra de imortalizá-la com uma foto que ela publica nas redes sociais. 

De fato, a paixão de Kate pela caça significa que mais de 27.000 pessoas seguem as suas aventuras no Instagram e são particularmente cativadas pelas suas caçadas, que às vezes duram vários dias e, em alguns casos, mais de uma semana... 

A maior captura de Kate foi um urso preto, que pesava mais de 150 kg, além de medir mais de 2 metros! 

Mas Kate não atrai só admiradores com as suas fotos e, portanto, a caçadora afirma ter recebido centenas de ameaças de todos os tipos. 

Os internautas, que agem anonimamente, ameaçam matá-la, mas alguns trolls até ameaçam violar e matar a sua filha de um ano. 

Kate explica que um troll chegou a escrever-lhe: "Vou colocar o teu bebé no liquidificador e vou ouvi-lo a uivar". 

Outros internautas também ameaçam vingar-se em nome dos animais que ela caçou, alegando que matarão o seu cão. 

Kate defende-se da caça de animais selvagens, explicando que, se não forem mortos por caçadores, a natureza acabará por fazê-lo e, muitas vezes, de forma ainda mais cruel.

Finalmente, a caçadora garante que ela sempre respeita as cotas de caça e nunca caça ilegalmente, ela diz também que respeita muito a natureza e os animais que vivem nela.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye