Empresa japonesa premia com 6 dias de férias os trabalhadores que não fumam

O que acha desta medida?

Partilhar no Facebook
1,095 1.1k Partilhas

Se você não fuma já deve ter passado por essa situação... Enquanto você está se matando de trabalhar, os seus colegas fumantes de tempo em tempo dão aquela pausa para fumar um cigarrinho, não e mesmo?

Foi por conta disso que funcionários não-fumantes de uma empresa japonesa começaram a se queixar e a queixa deu resultado, a empresa resolveu o problema concedendo 6 dias de férias aos trabalhadores não fumantes.

A notícia repercutiu rapidamente no mundo inteiro e empresa de marketingPiala Inc., com sede em Tóquio, teve um retorno de mídia que valeu a pena, visto que agora ela está sendo falada pelo mundo a fora. Boa jogada de marketing que foi aproveitada pelos funcionários.

“Uma das nossas equipas de não fumadores colocou uma mensagem na caixa de sugestões da empresa no início do ano dizendo que as pausas para fumar estavam a causar problemas”, disse HirotakaMatsushima, porta-voz da empresa.

“O nosso CEO viu o comentário e concordou, e por isso estamos a dar aos não fumadores um tempo de férias extra para compensar”, disse Matsushma ao The Telegraph.

Os fumantes nem puderam reclamar porque sabem que realmente acabam demorando demais para voltar a trabalhar entre um cigarro e outro, já que a empresa fica no 29º andar de um prédio de escritórios no distrito de Ebisu, em Tóquio, e para poderem fumar precisam descer todos os andares, ato que demora pelo menos uns 15 minutos.

“Espero encorajar os funcionários a deixar de fumar através deste tipo de incentivos, em vez de penalidades ou coação”, disse à Kyodo News, Takao Asuka, o CEO da Piala Inc.

Matsushima está entre os não fumantes e já tirou os seus dias adicionais de férias para levar a família para um merecido descanso. 30 dos 120 funcionários já fizeram o mesmo.

E vocês, o que acham? Pensam que as empresas do mundo todo devem aplicar essa regra?

Partilhar no Facebook
1,095 1.1k Partilhas

Fonte: HiperFM · Crédito foto: HiperFM