Emigrante português perde a vida depois de ser baleado pela polícia na Suiça

Todos os detalhes no interior.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Emigrante português morre depois de ser baleado na sua casa  em Genebra, a polícia foi chamada ao local por causa de uma chamada de violência doméstica. 

Segundo o jornal 20 Minutes o incidente terá ocorrido na segunda-feira, às 8:30 horas locais no bairro das Acácias, onde o cidadão português e a sua parceira residiam.

Segundo avançam vários meios de comunicação, trata-se de Dionísio Cunha, nascido em Vila Praia de Âncora, informação que o SAPO24 tentou confirmar junto da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas e do Ministério dos Negócios Estrangeiros Português, não tendo tido sucesso à hora de publicação desta notícia.

Em resposta escrita a um pedido de esclarecimento hoje enviado pela agência Lusa, fonte do MP de Genebra disse que o homem morreu hoje de manhã.

Questionada sobre o estado de saúde da mulher do português, que as forças policiais encontraram baleada no interior da habitação do casal no bairro de Acacias, em Genebra, a mesma fonte não adiantou qualquer informação sobre o seu estado de saúde.

A fonte remeteu mais esclarecimentos sobre o caso para uma nota de imprensa do MP, emitida na segunda-feira, depois de o caso ter sido revelado pelo jornal suíço "Bom Dia".

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: 24horas sapo · Crédito foto: 24horas sapo