Notícias : Eles perdem a guarda do filho por privá-lo da quimioterapia

Eles perdem a guarda do filho por privá-lo da quimioterapia

Todos os detalhes no interior.

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Os pais que recusaram quimioterapia para o filho com leucemia perderam oficialmente a custódia na segunda-feira na Flórida, após uma decisão do juiz.

Ele acredita que a criança corre "um risco substancial de negligência iminente" se permanecer com os pais.

A criança foi entregue aos avós maternos, "a única maneira de garantir a saúde, a segurança e o bem-estar de Noah", disse o juiz Thomas Palermo.

O pequeno Noah McAdams, 4, foi diagnosticado com leucemia linfoblástica aguda em abril passado.

O estado inicialmente privou os pais da custódia quando eles não compareceram a uma sessão de quimioterapia para a criança, preferindo partir para Cincinnati, Ohio. A abordagem atraiu a atenção nacional quando se viram no centro de uma imponente caçada policial, após a emissão de um aviso de sequestro. Eles foram finalmente rastreados no Kentucky.

Eles justificaram-se explicando que estavam à procura de tratamentos alternativos, remédios naturais - incluindo cannabis medicinal, vitaminas e uma dieta especial - e uma segunda opinião médica, e que haviam avisado os médicos. Eles acrescentaram que não sabiam que não deveriam deixar o estado.

O juiz recomendou uma avaliação psicológica para ambos os pais, que sempre poderão visitá-lo e comparecer às consultas médicas sob supervisão.

O advogado deles diz que eles estão "destruídos" por essa decisão.

Partilhar no Facebook
0 0 Partilhas

Fonte: ABC
Crêdito foto: ABC

Goste/partilhe