Eles namoram desde adolescentes e decidiram casar-se quando ela descobriu um cancro terminal.

Quando o amor é mais forte.

Partilhar no Facebook
332 332 Partilhas

Jake Coats e Emily Collet, da Irlanda, se conhecem desde os 11 anos e a partir dos16 anos começaram um relacionamento que durou três anos, até serem separados ao irem para universidades diferentes. Mas o amor era tão forte e verdadeiro que 10 anos mais tarde eles se reencontraram e voltaram a namorar à distância, já que estavam morando em países diferentes. Jake havia planejado pedir a sua namorada em casamento, mas antes que pudesse fazer o pedido veio a notícia mais triste de sua vida. 

Emily foi internada às pressas e os médicos descobriram um câncer na tireóide, que já havia se espalhado para outros órgãos. Ela iria morrer, não havia nada a ser feito.

Jake viajou às pressas porque não queria passar nem mais um minuto longe dela. E foi aí que Emily resolveu postar uma mensagem no facebook, que dizia:

"Acontece que o garoto que me fazia sentir borboletas no estômago desde que eu tinha 11 anos não estava mentindo quando me escreveu esse pequeno e lindo bilhete há uma década. Inclusive, apesar de termos recebido terríveis notícias de saúde essa semana, posso dizer honestamente que nunca me senti tão cheia de felicidade e amor ou determinação de melhorar, para poder passar o resto da minha vida com o amor da minha vida. Sou a garota mais sortuda do mundo!" 

Ele a pediu em casamento e ambos continuaram com os preparativos, fato que fez Emily querer viver ainda mais.

Queriam realizar sonhos e fazer tudo que nunca puderam, então planejaram um "Tandemonium": uma viagem de bicicleta de Londres (Inglaterra) até Copenhague (Dinamarca) - 2.000 km de distância. A viagem tinha como objetivo arrecadar dinheiro para a organização The Royal Marsden Cancer Charity. O Tandemonium foi um sucesso! Eles arrecadaram muito dinheiro e ainda ajudaram outras pessoas. Em setembro de 2016 eles se casaram em uma cerimônia linda junto aos seus familiares.  

Infelizmente isso tudo não foi capaz de vencer a doença e ela morreu este ano, aos 31 anos. Jake está ainda muito triste, mas compartilha as histórias sobre sua amada e a amará para sempre. "Emmy era realmente surpreendente. Sua valentia incomparável, sua determinação inquebrantável e sua beleza e carinho não tinham igual. Era uma em um milhão", escreveu no Facebook. 

Jake seguira sua vida, mas com certeza ela estará sempre em seu coração.

Partilhar no Facebook
332 332 Partilhas

Fonte: Não Acredito · Crédito foto: Não Acredito