​Ele mata a namorada e desmembra-a em seguida. Ele diz à polícia que é uma boneca sexual.

Horrível.

Partilhar no Facebook
359 359 Partilhas

Um homem da Flórida foi preso depois de tentar fazer a polícia acreditar que o corpo desmembrado no seu armário era de uma boneca inflável.

Jerome Wright, de 32 anos, é acusado de mutilar o corpo da namorada de 52, Deanna Clendinen.

Foi a mãe de Wright que contatou a polícia porque se apercebeu de um cheiro estranhoa que saia do quarto do filho.

De acordo com a polícia, Wright abriu o ventre de Clendinen, retirou todos os órgãos dos seu corpo e atirou-os ao lixo fora de casa.

Quando a polícia chegou à residência de Wright e a mãe os dirigiu para o quarto do filho, ele saiu a suar, dizendo aos agentes que estava a sofrer de dor de estômago.

A polícia imediatamente avistou fluidos humanos no colchão da cama antes de descobrir um corpo mutilado no armário.

Wright então tentou fazer os agentes acreditarem que era uma boneca inflável de aparência humana enquanto explicava que ele não via a namorada há 5 meses.

Em março passado, Wright foi preso pela polícia por ter espancado Clendinen.

Wright deve ser acusado de assassinato em breve.

Partilhar no Facebook
359 359 Partilhas

Fonte: ayoyemonde · Crédito foto: ayoyemonde