Notícias : Ela obriga o seu filho a fazer algo incomum. 22 anos depois, ele agradece à mãe, com lágrimas nos olhos.
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Ela obriga o seu filho a fazer algo incomum. 22 anos depois, ele agradece à mãe, com lágrimas nos olhos.

22 anos depois, ele está-lhe muito grato.

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
70 70 Partilhas

Ela obriga o seu filho a fazer algo incomum. 22 anos depois, ele agradece à mãe, com lágrimas nos olhos.

Jason Kotas, um americano de Denver, e a sua esposa Emily sentem a felicidade perfeita com o pequeno Sam, nascido há alguns meses. O bebé foi "criado" há 22 anos.

Esta história incomum começou em 1995. Jason, então adolescente, tinha cancro nos ossos e tinha um tumor do tamanho de uma bala no ombro esquerdo. No Hospital Infantil do Colorado, os médicos fizeram uma cirurgia para removê-lo, e Jason teve que fazer radioterapia e quimioterapia. 

No entanto, essas sessões podiam deixá-lo estéril. O adolescente estava longe de pensar em começar uma família, mas os seus pais tiveram a ideia de congelar o seu esperma para quando chegasse a hora. 

Através de cirurgia e tratamento, Jason superou a doença. 15 anos depois, ele torno-se diretor de serviços de emergência no mesmo hospital e conheceu Emily, a sua futura esposa. 

Eles queriam começar uma família, mas a maneira tradicional era impossível. Então, Jason lembrou-se do que os seus pais fizeram há 22 anos e decidiu usar o esperma congelado. 

Graças à previsão dos pais de Jason e à fertilização in vitro, Emily ficou grávida. Sorridente, Emily diz: "É fascinante pensar que metade do pequeno Sam foi criado há 22 anos. " 

Esta família incomum está nadando em felicidade! São três, saudáveis e aproveitam a vida!

____

O que achou deste artigo? Partilhe o seu ponto de vista nos comentários, e partilhe com os seus amigos e familiares nas redes sociais…

Se estiver interessado nas últimas noticias sobre a atualidade, sobre famosos, comédia, animais, lifestyle ou sobre noticias viriais, siga-nos na nossa página no facebook Vamos lá Portugal.

Não hesite em deixar a sua opinião sobre a publicação.

Partilhar no Facebook
70 70 Partilhas

Fonte: Ayoyemonde
Crêdito foto: Ayoyemonde

Goste/partilhe