Notícias : Ela deixou a sua bebé fechada, a morrer de fome e sede enquanto saiu para uma semana de festas
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Ela deixou a sua bebé fechada, a morrer de fome e sede enquanto saiu para uma semana de festas

Egor tinha apenas 9 meses de idade quando perdeu a vida, vítima de negligência da mãe.

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
352 352 Partilhas

Ela deixou a sua bebé fechada, a morrer de fome e sede enquanto saiu para uma semana de festas

É conhecido como instinto maternal aquele laço afetivo que uma mulher cria, de certa forma, com o seu filho. Consiste num processo natural que a maior parte das mães passa depois de darem à luz, e fá-las agir sem pensarem com razão: é um impulso incontrolável de amar e proteger a nossa criança com tudo.

Contudo, nem todas as mães têm este instinto maternal. Há mulheres que, na verdade, são a antítese da maternidade e trazem crianças para este mundo sem muita preocupação, como se quisesse que elas sofressem, condenadas ao abandono.

Viktoria Kuznetsova é um belo exemplo disto, uma adolescente russa que deixou o seu filho fechado, a morrer lentamente de fome e sede, durante uma semana enquanto ela saiu para festas. 

Para esta mãe de 17 anos, o seu filho Egor era um obstáculo. Por essa razão, assim que o seu marido a abandonou para servir o exército, ele celebrou durante uma semana com os seus amigos, deixando a pobre criatura antes do seu carrinho, dentro de casa.

Egor tinha apenas 9 meses de idade quando perdeu a vida, vítima de negligência da mãe. 

Apenas dias antes de sair, a rapariga escreveu nas redes sociais “ está tudo bem”, seguindo-se duas publicações: “A passar tempo com a Nastya. Pintei o meu cabelo de preto” e, dois dias depois, “Lutamos, guardamos rancor e ficamos chateados com aqueles que amamos e temos medo de perder.”

Sem dúvidas, Viktoria não estava a pensar no seu filho quando escreveu isso. A rapariga passou todos esses dias numa residência na universidade, onde as suas amigas estavam, e quando estas perguntavam pelo bebé, ela simplesmente respondia que o tinha deixado com uma tia.

Esta é a casa da família de Viktoria, onde o pequeno Egor foi abandonado, e sofreu o seu destino ao morrer de fome. 

Eventualmente, os vizinhos começaram a estranhar, e chamaram a polícia, mas já era tarde demais. Quando as autoridades entraram na casa de Viktoria, encontraram os vestígios de Egor no carrinho. 

Durante a interrogação, a Viktoria admitiu que tinha deixado o bebé sozinho em casa, simplesmente porque não queria tratar dele.

Subsequentemente, foi descoberto que quando Egor tinha acabado de fazer um mês, a adolescente tentou deixá-lo num orfanato, contudo o rapaz tinha regressado há dois meses. 

Por este crime terrível, Viktoria será forçada a passar 10 anos na prisão. Por outro lado, o seu marido mostrou a sua dor publicamente e disse que queria o divórcio o mais cedo possível.

O que esta mulher fez é imperdoável. Achas que 10 anos na prisão são suficientes? Comenta e partilha com todos os que conheces.

____

O que achou deste artigo? Partilhe o seu ponto de vista nos comentários, e partilhe com os seus amigos e familiares nas redes sociais…

Se estiver interessado nas últimas noticias sobre a atualidade, sobre famosos, comédia, animais, lifestyle ou sobre noticias viriais, siga-nos na nossa página no facebook Vamos lá Portugal.

Não hesite em deixar a sua opinião sobre a publicação. 

Partilhar no Facebook
352 352 Partilhas

Fonte: Viralistas
Crêdito foto: Viralistas

Goste/partilhe