Ela adormece com uma dor de cabeça e acorda 4 dias depois para perceber que deu à luz

Uma história fora do comum.

Partilhar no Facebook
182 182 Partilhas

Na vida, às vezes há eventos que são difíceis de explicar e é exatamente isso a história desta adolescente que adormeceu com uma dor de cabeça e que acordou 4 dias depois, para perceber que já tinha dado à luz.

É o site de notícias e entretenimento britânico, Daily Mail, que relata esta notícia que pode até causar arrepios, já que é uma história que temos dificuldade em entender como pode ter acontecido. De fato, na cidade de Manchester, na Inglaterra, uma adolescente foi dormir porque tinha uma dor de cabeça e acordou 4 dias depois percebendo que tinha dado à luz. Uma história completamente fora do comum que surpreendeu a adolescente, a família e as suas amigas. Nunca ninguém tinha ouvido tal coisa. 

O Daily Mail explica que o nome da jovem é Ebony Stevenson e tem 18 anos de idade. Uma noite ela foi deitar-se porque tinha uma dor de cabeça muito forte. Ela disse para si mesma que uma boa noite de sono seria necessaria para resolver o problema, mas infelizmente ela entrou em coma. Ela só acordou quatro dias depois no hospital e entretanto teve um bebé. Ela nem estava ciente de que estava grávida. E agora tem uma menina, um evento que ela não tinha planeado.

Mas como é possível não se aperceber que se está grávidae? De acordo com o Daily Mail, a jovem Ebony Stevenson tinha o que é chamado de útero didelphe. Segundo a Wikipedia, trata-se de "uma malformação do útero que ocorre como resultado de um defeito na fusão dos canais de Müller durante a 7ª semana de desenvolvimento do feto". Então foi por isso que a jovem de 18 anos não se percebeu que estava grávida. 

Enfim, Ebony Stevenson encarou a surpresa com um sorriso e pretende cuidar da filha. Ela não estava à espera que a sua vida mudasse tanto tão de repenter, mas os seus pais estarão lá para ajudá-la, e ela será capaz de criar o bebé em condições ideais.

Partilhar no Facebook
182 182 Partilhas

Fonte: Ayoye · Crédito foto: Ayoye